MAIS PÁGINAS BALEIAS!

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

BALEIAS NA MARATONA DE ASSUNÇÃO 2011 – MYRTA, OS AMIGOS, OS QUENIANOS, O MINISTRO E O PRESIDENTE, mais uma vez o Paraguai tocou fundo no coração Baleias!

Amantíssimo Mundo Baleias!!!

Assunção foi, de novo, tudo o que já sabíamos, uma festa inigualável onde toda a turma Baleias foi extremamente cuidada e carinhada pela organização da prova e, interna corporis, se aproximou mais, se conheceu mais e se apaixonou mais pelo JBS, o Jeito Baleias de Ser, onde tudo é bom e alegre.

E Henrique esteve conosco durante toda a viagem!

Só para situar o Mundo Baleias, o simpático leão que nos acompanhou durante todo o final de semana em Assunção representava Henrique, filho de Cláudio Dundes, que, por isso, viveu cada momento Baleias durante todo esse inesquecível final de semana onde fomos mais uma vez incrivelmente felizes.  
O périplo Baleias iniciou-se na madrugada de 05 de agosto com a reunião de Baleias no aeroporto de Confins, porta para a felicidade. Betinha está na foto mas teve que retornar no dia seguinte para embarcar  porque levou mais comida do que documento e foi barrada.

Mas já havia Baleias no trecho. Tutta já experimentava há horas a rodovia que o levaria para Maringá de onde partiria pelo ar para encontrar seus pares Baleias. Desde Recife, mais cedo, já haviam partido Marinês Melo e Ricardo Ramos. A movimentação Baleias agitava o mundo naquela madrugada.
 
Dá gosto ver esse casalzinho Baleias trajando Baleias.
Lana sai do banheiro transformada em Baleias, numa prova de amor que atingiria ponto alto na chegada da maratona. Foi muito emocionante.
Deixando o livro de Marcio Dederich no banco da sala de embarque em mais um epísódio da série Baleias colocando a literatura para correr.
E no menor tempo de permanência do livro na sala de embarque Meire pega para ler e devolver em outra oportunidade. Se iria para um desconhecido, porque não para Meire.
 A primeira perna do voo Baleias. O lindo casal Neto e Dani-BH.
Na sala de embarque de Guarulhos o encontro com Márcio, Baleias de Alagoas que esteiou na Volta da Pampulha 2010 que recebe mais um exemplar do Manto Coral, agora personalizado.
Outro livro Baleias colocando a literatura para correr. Rogério Godinho, aquele que iniciou tudo me achando gordo e me levando para caminhar e correr, emociona-se com Marina Colasanti na obra "E por falar em Amor".  A sensibilidade é marca Baleias.
 Mayumi chega no voo para se juntar aos bons! Não deixe de verificar o relato de Mayumi em seu blog Running Kitigai onde ela mostra outros locais de Assunção que escaparam ao olhar Baleias. Vamos ter que voltar lá no ano que vem também para ver o que Mayumi viu.
Walter, o andarilho guerreiro, amigo Baleias de muitas e muitas maratonas também chega com Maristela para se juntar à chalana Baleias.
Rogério e Ailton, o recordista Baleias de emagrecimento, têm a honra de receber ao lado o queniano Nicholas Kimeli que venceria a prova dos 21 kms e se tornaria grande amigo do CEO Baleias.
O nosso querido casal de amigos Baleias, Sr. Nilo e D. Clair, que conhecemos somente no avião em Curitiba e que chegaram até nós por uma graça dos céus. Eles vieram de Porto Alegre para se juntar à expedição Baleias. Foi um barato conviver com eles no final de semana e esperamos encontrá-los em outras provas. Eles são doces e têm um coração Baleias do tamanho do mundo.
A turma Baleias que entrou no avião em SP. Dra. Ana Shibata, Cláudio Dundes e o nosso glorioso Wonderful Japa, o que há de melhor no mundo Baleias, cada vez mais comprovado. Atrás, Ana Amélia, uma amizade destinada a crescer e Carlos Magno, de Belo Horizonte, estreiante nos 10 km.
Márcio de Alagoas e sua simpática esposa Aline. Depois de longas e exaustivas conversas durante todo o final de semana onde Aline demonstrou que é da farra, não desanima nunca, sorri o tempo todo e adora corredor e corredora, ela resolveu aderir ao Mundo Baleias com a ressalva de que não necessitará correr nem para pegar ônibus. O apoio Baleias nas corridas precisa de uma base sólida como o concreto e isso não faltará em sua companhia. 
A turma de Recife não queria nem saber se o avião estava vago ou não. Aliás, no mundo infantil Baleias, quem foi ao ar perdeu o lugar.
Henrique viajava na janela, claro.
 
Grupinho formado no corredor do avião para conversar sobre as recentes decisões do STF, a crise nos EUA e na Líbia e ainda sobre a reeleição de Obama. Como o assunto não rendeu passamos a falar de corrida e o trem bombou. Sérgio, o Corredor Feliz, entrou no avião em Curitiba e em dois segundos demonstrou que é bacana pra caramba, do jeito que a gente gosta. Sujeito de trato fácil e simpatia inigualável. É nosso, tava fisgado, viraria Baleias horas depois e relataria de forma brilhante em seu blog o incrível final de semana.
Chegamos em Assunção e um cartaz dava o prenúncio do final de semana. A Equipe Baleias era bem vinda em quatro idiomas, inclusive no Guarani. Nossa Vice-Presidenta, Elis Carvalho e nossa Diretora de Moda Baleias, Marinês Melo não resistiram à demonstração de carinho dos organizadores da maratona e se derreteram. Eu chorava  abraçado a Wu e não conseguia sequer raciocinar.
 
O Bando Baleias no desembarque em nossa estimada Assunção. A expressão Bando Baleias foi cunhada pela nossa Vice-Presidente Elis Carvalho após a maratona. 
E na chegada à Feira da Maratona, logo na entrada, exemplares de um belo livro estavam à disposição. Pronto, nosso amigo Gilmar Farias estava conosco. Isso é energia, uma coisa que aprendi em Pernambuco, Gilmar/Acorja e o Mundo Baleias são amigos dos melhores que se têm notícia. Na feira buscamos o kit que vinha com sacola, camisa e boné da marca Adidas, caneta e mais algumas gracinhas.
Tinha também um seguro para o caso de falecimento. Achei desnecessário porque não tinha planos de vir a falecer nesse final de semana.
 
Baleias de Primeira Classe na companhia do amigo Sr. Nilo. Tutta, nosso Baleia de Ubiratã-PR aparecia na primeira foto na máquina oficial do blog nessa viagem. Como se diz no Sebrae um dos gargalos do blog são as fotos dos Baleias tímidos, como Olício também, o 4º Baleias da história. Já os Baleias mais saidinhos  têm fotos de roldão.
 Os encontros se sucediam. Matheus Tonello, Baleia de Cascavel-PR que chegou até o mundo Baleias num curto e simpático email, mostrava que Baleias tem faro e não erram. O cara é do bem demais e seguirá conosco para Londrina e Curitiba.
A diretoria de arte Baleias, sob a condução de Ênio Akio em Assunção, deixava seu recado. Eita Baleinha simpática sô!
À noite o esperado e comemorado jantar no melhor restaurante do mundo. El Bosi. Minha convicção somente aumentou porque a turma de lá é muito mais ainda porque não economizou esforços para criar a mesa gigante para essa turma feliz e barulhenta.
Wu, Secretário Geral, o homem da doutrina Baleias, entrega a Myrta Doldan, a mulher que proporciona toda essa felicidade Baleias em Assunção, a comenda Baleias, segundo Elis Carvalho, "honraria que cabe aos nobres de coração que fazem do mundo um lugar melhor de se viver...correndo", na forma um pingente de ouro criado e providenciado pela Diretora de Moda Baleias Marinês Melo e enfrentado por um grupo de mecenas Baleias.
Brilham todas. Nossa Baleia, Myrta Doldan que gosta da gente como ninguém e Marinês Melo, a realizadora desse desejo nosso de mostrar a Myrta todo o nosso carinho. E brilha Mayumi que fez a foto.
O melhor restaurante do mundo mostra sua cara. A saladinha do casal.
 O belo peixe na telha. Mayumi e Carol deliciaram-se.
 Mais beleza e sabor reunidos. Aline, nosso apoio Baleias que acha tudo fácil e sorri sempre. Diferente, né?
Márcio também admirando a plástica do prato antes de detoná-lo.
Nossa conta deu Um Milhão, Seiscentos e Trinta e Quatro Guaranis. Conseguimos atingir o Milhão, fato que não conseguimos no ano passado.

Depois do restaurante a ala Baleias/Heróis da Resistência foi conhecer o melhor do rock n roll paraguaio. Ênio japa, desculpe! Vou melhorar e amadurecer para aprender que depois das sextas-feiras, normalmente, tem mais um dia para ser vivido.
Já no sábado, de volta à Feira da Maratona, local que é para se frequentar durante todos os dias,  novamente encontramos amigos. Nossa principal ultramaratonista encontra uma ídola (verifiquei essa palavra e optei por essa forma que embora alguns filólogos neguem outros reconhecem, então era uma questão de opção do blog e a fiz) Baleias, Graça Bernardino. Quilômetros e quilômetros nessa foto.  Maria José, outra ultramaratonista amiga Baleias também estava em Assunção.

Ao fundo, Tadeu, da Lana, cuidava de conseguir Guaranis para enfrentar o dia. A Maratona de Assunção providencia um caixa para câmbio dentro da feira da maratona. Esse pessoal gosta de estrangeiros e nós deles.
Nossa amada Myrta Doldan exibe o pingente Baleias que ganhou. Essa mulher é muito Baleias e nós a amamos.
Isabel, de Brasília, esposa do Baleias João Batista, recebe o Manto Coral para estreiar pela Equipe Baleias. Não recebe personalizado porque fui informado da decisão dela de aderir ao mundo Baleias em cima da hora. 
E José Maia, Baleias de São Paulo, que aderiu ao Mundo Baleias na Corrida da Ponte Rio Niterói recebe o seu Manto Coral personalizado. Esse cara é danado.
Olhem a data em que ele tirou a identidade para viajar. No dia exato da viagem, ou seja, perdeu o avião na sexta e teve que ir no sábado, mas conseguiu tirar a identidade na tarde de sexta-feira. Baleias é isso, nada de desistir, desanimar. Se não pode hoje, amanhã também serve. O copo sempre meio cheio e segurado com carinho que no mundo Baleias copo meio cheio transborda também.
À tarde fizemos um tour pelo centro histórico de Assunção com um guia providenciado pela organização da Maratona. Passeamos como reis em Assunção, informados de tudo e com proteção a cada esquina. O carinho conosco foi diuturno.
Dani de BH, buscava o melhor da paisagem de Assunção e encontrava com muita facilidade.
Baleias cultural, a turma que visitou museu, visitou o teatro, viu palácios e soube um pouco sobre a história e cultura paraguaias. Um grupo que só apresentava perguntas inteligentes e pertinentes. Mais um sonho Baleias cumprido.
A foto com o nosso simpático guia cujo nome no momento me escapa tendo o Palácio Presidencial ao fundo. À direita, de branco, José Carlos Sclazer, amigo Baleias de Vitória que esteve conosco durante todo o final de semana.
Momento livre da excursão. Tem Baleias que não cresce mesmo. Esse foi baixinho da Xuxa.
No sábado, antes de ir para a feira o registro com Mayumi, sua amiga Carol e os amigos quenianos. Eu e Sérgio com nossas camisas da seleção paraguaia homenageando os anfitriões. Nicholas, o queniano que está ao lado de Carol ficou meu amigo, o que muita alegria me proporcionou. Corro na rabeira mas tenho amigos na frente.
Sábado à noite, jantar de massas da Maratona e uma extensa festa paraguaia. Conhecemos as meninas Baleias de Cascavel, Danieli Sanderson e Andreia Oenning, que estreiariam nos 10 kms e na Equipe Baleias. Mais uma vez a prova de que o Mundo Baleias não erra. A simpatia das meninas e de suas respectivas famílias é fato Baleias. O mundo Baleias sem entender porque os maridos não aderem também ao Manto Coral, casal Baleias é um sonho a mais.
Repetindo o ano passado eu e Wu fizemos nossa foto oficial com o Ministro dos Esportes do Paraguay sua excelência Sr. Paulo Reichardt. Temos muitos amigos no Paraguay.
O registro com Alexandre Minardi, técnico da Equipe de Atletismo do Cruzeiro e amigo Baleias. Marinês Melo exibe seu conjunto Baleias exclusivo. A Diretora de Moda lança a tendência no mundo fashion Baleias. Pretendemos correr a Maratona de Milão para poder desfilar a moda Baleias na terra dos estilistas.
Marinês Melo e Miguel Delgado desfrutam dos mimos recebidos da organização da maratona à primeira estrangeira e ao primeiro estrangeiro inscritos na maratona.Guardamos rápido por causa da paloma que tava de sacanagem.
Mesa com Baleias de vários estados da federação. Distrito Federal, Alagoas, Goiás, Pernambuco e Minas Gerais. Em Assunção ainda tínhamos Baleias de São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro.
Aline, esposa de Márcio Barboza, recebe o seu Manto Coral das mãos do CEO, do Secretário Geral Baleias e do próprio marido. A Equipe Baleias reproduz a vida, o fim e o nascimento.  Essa Baleias que não corre está longe do mau humor e da indiferença com o manto coral, é pródiga em alegria,  gentileza, facilidade e é excelente companhia para uma farra, inclusive roch n roll. Tudo o que precisamos e celebramos.
Por falar em alegria é de se observar a desses dois. Pai e filha. Amandinha, que também gosta bem de um rock n roll, cogitou de correr e viajar com o Mundo Baleias. Pronto, tá convidada. Nem precisa engordar, pode continuar comendo pouco no café da manhã e preocupando o pai.
Não sei porque, mas embora o formato seja outro, algo nessa mesa me lembrava a última ceia.
A Equipe designada para a atenção integral ao nosso casal Sr. Nilo e D. Clair. Por decisão do Conselho Superior Baleias nenhum dos três Baleias poderiam tirar suas atenções dos amigos cuja companhia nos foi honrosamente confiada.
Lana e e Tadeu com o show ao fundo. Tadeu resolveu estreiar com o Manto Coral nos 10 kms de Curitiba, com Lana correndo a Maratona.
Os corredores blogueiros em Assunção. Diário de uma Corredora, Cia-exsedentários, Running Kitigai, Corredor Feliz, Baleias Corrida de Rua, Correndo Corridas e Urbi et Orbi, com o show de Lisa Bogado ao fundo. Não posso olvidar que depois da criação do blog, em maio de 2009, a doutrina de Wu, sedimentada no Morro do Tibet, bairro de São Gonçalo do Sapucaí em Minas Gerais e traduzida do aramaico como o JBS - Jeito Baleias de Ser, alcançou o mundo. Hoje no Conselho Superior Baleias discute-se a transnacionalização ou a internacionalização da Equipe em acalorados debates já que a diferença é substancial e com efeitos absolutamente diversos.
Baleias e amigos apreciando o shouw da cultura paraguaia.
Ainda o belo show de encerramento da Feira da Maratona. Nunca vi nada disso em nenhuma maratona que já fui, ou melhor, vi sim, no ano passado, aqui mesmo.
Ailton fazendo aquecimento e alongamento para a meia maratona.
Cláudio Dundes balançando o esqueleto. A mochila nas costas revela a presença inseparável do Leão de Henrique.
Diretoria Baleias com o mais novo integrante do Mundo Baleias, Eduardo, filho de Andreia que receberá o seu Manto Coral na Maratona de Londrina quando lá estará na companhia de seus pais. O Paraná é um bom estado para corredor viver.
E Zilda é celebrada na porta do hotel por ocasião dos 35 anos completados naquele dia 06 de agosto de 2011. Ao subir, pedi ao casal que se lembrasse de todos os amigos e amigas Baleias nos momentos de porvir.
Um último passeio pelas ruas de Assunção antes do merecido descanso dos justos guerreiros do amanhã revela uma cidade bonita e simpática. Mas o mamão é caro como na Argentina.
O belo lustre de um hotel de Assunção.
No café da manhã o momento em que Sérgio Melo, o Corredor Feliz, recebe dos amigos Baleias o seu Manto Coral de forma que pudesse alinhar na largada já devidamente paramentado com as vestes talares do Mundo Baleias. O discurso é rápido e emocionante. Sérgio chega com a autoridade de quem é amigo Baleias desde o big bang.
Mais café e Baleias.
Casalzinho diretoria.
Dois ícones do Mundo Baleias, Ailton Silva, de Contagem e Rogério Godinho de BH. A Bela Distância aguarda ansiosa a estreia de um e o retorno de outro.
Mais café, mais Baleias, mais ex-sedentários e Urbi et Orbi.
Sérgio, para nossa felicidade, demonstrando sua alegria por estar conosco.
 Na largada a foto oficial que hoje ilustra o blog Baleias. Vários recordes. O maior número de Baleias numa prova. O maior número de corredores Baleias numa prova, o maior número de corredoras Baleias numa prova. A única prova até hoje, a não ser as que só tinham no máximo três corredores Baleias, que todos os corredores e corredoras Baleias que estão na prova estão também na foto. 
Henrique iria para a prova também, nas mãos de Cláudio Dundes. Na foto 10 kms e Maratona, o Mundo Baleias feliz da mesma forma (mas vamos continuar na cola para todo mundo experimentar a maratona).
 O apoio Baleias representado por Aline fazendo companhia para D. Clair e Eduardo. Aline ficou por mais de seis horas naquela praça fotografando e recebendo Baleias com sorriso e alegria. Claro que não precisa correr se não quiser. O Mundo Baleias precisa de você.
O climax do final de semana, como já apresentado em rápido relato anterior, e agora com um pouco de arte de nosso editor de imagens Baleias, Gilberto Lobato, o meu encontro com o Presidente Lugo. Vou voltar lá no ano que vem e vou almoçar na casa dele! Me aguardem!
Baleias concentrados na largada. Uma bela prova. Água a cada 2,5 km e isotônico a cada 2,5 km depois dos 10 km. Banana, mexirica e biscoito para quem quisesse. O sol estava forte, principalmente para os maratonistas a partir do km 21, o retorno do aeroporto. 

Um percurso que, particularmente, eu gosto, o de vai e volta, porque dá para ver os amigos e traz uma alegria a mais na prova poder abraçar a turma que pela gente passa, mais rápida ou mais lenta.

Ênio, o japa, e Ricardo Ramos proporcionaram várias fotos dos amigos durante a prova.
Tinil, nosso mais rápido maratonista, já voltando.
Marcelinho Cálix, corredor de performance. Dá tudo na prova que nem aguenta depois ir a festa. Vai entender?
Ricardo Ramos, nosso amigo dessa e de outras encarnações, com o luxuoso prédio da Comembol ao fundo.
Em mais uma oportunidade a confirmação de que esse cara é o que há de melhor no Mundo Baleias. Aliás, o Mundo Baleias precisa ser mais obediente a esse japa.
Betinha detonando. A moça é guerreira.
Walter, o andarilho guerreiro, e Carlos Hideaki Fujinaga, ambos os dois amigos Baleias.
O Baleia adolescente em sua primeira maratona! Feliz da vida Márcio introduziu o grito Baleias durante a prova.
Ricardo Ramos cumprimenta Olício Meireles, Baleias histórico, o 4º membro da Equipe Baleias, nos idos de 2001, o primeiro não parente, primeira amizade construída nas corridas, longeva a demonstrar que Baleias é também tradição.
Miguel e Lana Gomes, Baleias asmática lutando com muita garra na secura que imperava na prova.
Nossa Vice-Presidenta Elis Carvalho também lutava bravamente para não desistir uma vez que ainda fazia uso de antibióticos para uma crise de sinusite que não respeitava sua vontade e decisão de cumprir a prova. A ida de Elis esteve ameaçada. Tremo só de pensar nessa perda.
Carlos Magno, amigo de muito anos, perto de 20, finalmente faz os seus primeiros 10 kms. O cara é alegria só e se dará muito bem nesse mundo que corre, viaja e ri a toa. Depois de Assunção já se inscreveu para os 10 km de Curitiba e fará as provas pequenas das Maratonas de Berlim e Budapeste.
Novas parcerias nas pistas do Mundo Baleias. Nos 10 km, Danieli Sanderson de Cascavel e Zilda Arantes, esposa de Wu, que reivindicou o posto de 1ª Dama Baleias, uma vez que a vaga ao lado do CEO anda vazia desde há muito. Assim, a esposa do Secretário Geral Baleias assume, na vacância, mas em definitivo, o título de 1ª Dama Baleias.
Ainda nos 10 km, Isabel, nossa Baleia de Brasília, esposa de João Batista, e Dani, de BH, esposa de Ismael Neto. Teremos em Curitiba todas as três Danis de nossa Equipe. Brilhante!
 Na maratona, Tinil, o mais rápido Baleias chega para cruzar a linha de chegada com tranquilidade.
 
 Henrique, Cláudio Dundes e Matheus Tonello, SP e Cascavel, o Mundo Baleias vibra com os novos contatos e amizades.
 
Wu chega com Ênio Henrique, o Ênio-BH. Cansado das disputas em que nem tenho dado pressão, Wu acerta novas parcerias no mundo que corre. Claro que o risco de ter as roupas rasgadas, cortadas e jogadas na rua existe.
Meire empresta à corrida os seus melhores e mais poderosos esforços e com isso arrebata a segunda colocação na categoria e um desmaio diante da apavorada arquibancada Baleias. Mas estava segura, acompanhada pelo Bonitão e por Rogério Godinho, médico Baleias.
 
Logo estava recuperada. Nossa Miss Baleias é FPC!!!
Wu ganhou de novo, mas nos dois sabemos que em Assunção isso foi detalhe irrelevante porque tanto eu como ele estávamos felizes demais por tudo ter funcionado corretamente com a turma que reunimos para ir lá. E eu experimentei a chegada mais emocionante de minhas 29 maratonas. Um mundo de Baleias na arquibancada me saudando feliz da vida, eu e o mundo. Naquele momento a certeza de que o final de semana já tinha dado certo.
Elis e Marinês que lutaram muito para completar a prova por conta de problemas de saúde na semana da prova mostraram que também não sucumbem a nada e chegaram radiante enchendo de alegria e felicidade seus pares Baleias que as aguardavam sem arredar o pé.
Lana Gomes, um símbolo nessa prova. Fechando a troupe Baleias, nossa corredora que sofre de asma, foi garrra e decisão puras que se transformaram em energia para percorrer cada um daqueles quilômentros. Lana chegou emocionada e emocionando a cada um de nós que abraçou e chorou. Grande menina ruiva o Mundo Baleias celebra sua vitória na Maratona de Assunção.
Uma nova dupla no Mundo Baleias, Ênio e Ricardo, SP e Pernambuco. Ricardo Ramos me disse uma frase que é emblemática do Mundo Baleias: "essa foi a maratona de meu pior tempo e a que mais me deu satisfação". O Manto Coral permite essas inusitadas alegrias no mundo das corridas.
O japa, o que há de melhor e Lana, que mais se emocionou na prova.
Amigos de longa data e agora também de longa distância!
 A celebração de Myrta Doldan ao entrar na arquibancada Baleias.
A esquina Baleias fotografada por Dalton Ferreira do blog Esportes Cuiabá, amigo que conheci pessoalmente em Assunção. Enquanto a fila do banho não se desenrolava parte do Bando Baleias ocupava a esquina em frente ao hotel. Vamos iniciar gestões para dar o nome de "Esquina Baleias" a esse logradouro paraguaio, principalmente porque no prédio da esquina tem rock n roll da melhor qualidade vivido de com força na sexta-feira.
Um momento de homenagem Baleias. Aléssio, o irado maratonista sergipano que embora goste bem de uma reclamação gosta bem da gente também, foi lembrado quando encontramos sua batata preferida. 
 Os velhos e novos amigos Baleias que se conheceram em Assunção.
A comemoração passou para dentro do hotel. A cada momento aparecia mais gente de banho tomado.
Baleias com o queniano vencedor da Maratona, Anderson Kiprono, 2.17.35.
Henrique em todos os momentos.
 Os vencedores de nossa turma. Sr. Nilo, 1º na  faixa na meia-maratona, Meire, 2ª na faixa na maratona, Tinil, 2º na faixa na Maratona e Betinha, 1ª na faixa também na maratona. Orgulho Baleias.
O casalzinho do coração mimando o leãozinho! Faltou o coraçãozinho com as mãos!!
Depois da premiação fomos para a casa de Myrta Doldan que nos recebeu com gentileza e maestria inigualáveis. Participar da festa com os amigos do Paraguay Marathon Club é motivo de regozijo para o Bando Baleias. Falei tanto com os amigos que negligenciei nas fotos para o blog. Coisas da euforia. Mas a festa foi maravilhosa com direito à presença do Ministro dos Esportes do Paraguay, membros da AIMS e ainda Marconi, ex-atleta de elite, atual representante da Fila e empresário de alguns quenianos que aparece na foto conversando com as atletas Baleias.
Na casa de Myrta, Marcelo Barroso, o simpático carioca responsável na prova pela hidratação dos atletas de elite, encantou-se com o JBS - Jeito Baleias de Ser, narrado sem qualquer interrupção por mais de 5 horas. Mas vibrou mesmo foi com o cartão de crédito Baleias, aliás, cartão de crédito que rodou pela festa inteira, indo, inclusive nas mãos do ministro.
Depois que alguns Baleias mais prudentes deram o alerta avisando que Myrta precisava descansar a turma seguiu para o hotel para encerrar mais um dia de festa Baleias com uma maratona corrida. Uma parte dos amigos ainda foi passear aos pés do Panteon no fim da noite.
Na segunda, na hora de ir embora mais um momento de alegria. A foto com Stanley Kimutai, 3º na maratona, o de camisa preta, também ficou meu amigo, como Nicholas Kimeli. Já combinei com Wu que temos que correr a Maratona de Nairobi. Após esses anos de corrida, principalmente por Poços de Caldas e Assunção, temos amigos no Quênia.
No aeroporto de Assunção, com Cláudio Dundes, o registro da placa de boas vindas devidamente embalada para viagem rumo a sede mundial de forma a compor o acervo do Museu Baleias, ainda sem curador, aguardando o final das obras no Mineirão, para onde, depois da Copa do Mundo de 2014, terá todo o seu acervo definitivamente transferido.
Por fim, já em São Paulo, o último brinde. A diáspora Baleias já tinha sido estabelecida. Os amigos do Paraná e Porto Alegre tinham seguido seu rumo. Os de SP desembarcaram para casa. Voos diversos levariam os amigos cada um para seu quadrado, BH, Contagem e Vespasiano, Maceió e Recife.

A semana após a Maratona de Assunção foi das mais difíceis para o Mundo Baleias. O retorno à vidinha mais ou menos que todos levam obrigatoriamente (tudo bem, sei que tem gente que é super feliz mesmo quarta-feira, 14.23 hs.) nos pegou de surpresa. Todos queriam mais. 

Com isso o movimento rumo a Maratona de Curitiba e seus 10 kms se firmou. Já estão confirmados quase todos do Bando Baleias que estiveram em Assunção.  BH em peso, Recife, Maceió, Cascavel e Ubiratã no Paraná, Barueri e São Paulo, Goiânia, os anfitriões Dani e Vinícius. O sábado e domingo vão bombar nas imediações do Couto Pereira e da Arena da Baixada.

A turma dos 10 kms quer mais e já fala em estreiar na Maratona, Ismael Neto, de BH, que correu 21 kms em Assunção já tomou a decisão e correrá a Maratona de Curitiba 2011. Eu e Wu o acompanharemos nos treinos. Acredito que Marcos Basílio, o Bonitão da Meire que já está de passagem comprada e hotel reservado também tome essa decisão. 

Cláudio Dundes correrá novamente a Maratona com Alecão nos 10 kms.

Elis, nossa Vice-Presidenta substituiu planos de uma ultra na mesma data para estar em Curitiba. Uma excepcional característica Baleias, a cada viagem a nova turma que experimenta quer voltar a andar conosco o mais rápido possível. Isso é bom demais.

Assunção foi o que não tinhamos dúvida que seria: um final de semana inesquecível. A prova do ano que vem já está marcada, 05 de agosto de 2012. Um número enorme de Baleias afirmou que pretende estar lá para mais uma vez ser paparicado e feliz. Acredito que não há como Baleias perderem essa festa. Lá somos especiais e isso é muito bom.

Valeu Myrta e seus paraguaios, obrigado por tudo.

Valeu Bando Baleias, é realmente muito especial fazer parte dessa turma. Nós somos FPC!!!!

Valeu amigos do Bando Baleias, a festa junto com vocês é mais completa.

Aguarde-nos Curitiba que chegaremos aí em novembro por terra e ar numa nova, alegre e divertida invasão Baleias!!

Miguel Delgado, um cara que foi feliz demais em Assunção!!

42 comentários:

elis disse...

miguel!!!
muito amada equipe Baleias!!!

que que eu faço agora???
só penso em viajar, viajar com os Baleias, pra correr! kkkkkkkk
tô obcecada pelas promoções da tam e da gol! kkkkkkkkkkk
e deprimida com essa dura realidade de todo dia! kkkkkkkkkkkk

em assunção, descobri que a felicidade é coral! e que correr maratona com nosso bando é uma das 10 maravilhas do mundo!
as outras 8 maravilhas estão relacionadas com correr ultramaratonas com Baleias pelo mundo! kkkkkkkkkkkkkkk

foi tudo tão especial!
vocês são incríveis!
a energia coral que emana desse nosso bando faz a gente querer dar a volta ao mundo ao lado dos Baleias!

a maratona de assunção foi das melhores e mais bem organizadas provas de que participei!
myrta é um encanto!
espero estar com vocês em 2012 lá em assunção, provando mais uma vez da hospitalidade e cordialidade de nossos amigos paraguaios!

parabéns aos guerreiros Baleias que conquistaram troféus!
parabéns a todos os Baleias que foram a assunção e encararam com muita alegria mais um desafio!

vamos invadir as ladeiras de curitiba!


bjs
elis
que tem a alma coral e é perdidamente viciada no JBS!!!

GILMAR FARIAS disse...

Miguel,
O JBS é algo invejável!
Os iguais estão se encontrando pelo mundo.
Essa corrida deve ter sido muito especial para todos os BALEIAS blogueiros. O relato recordista de Sérgio (corredor Feliz) está irretocável e nos livrou de um infarto. Depois, Elis nos apresentou toda a emoção e as lições de participar dessa corrida alaranjada. Agora, depois de ler este magnífico e ilustrado relato, já posso dormir em paz e aliviado por saber que a festa foi espetacular. Miguel, se você já é uma pessoa feliz, Belo Horizonte deve estar muito pequena para abrigar tamanha emoção sentida em terras paraguaias.
Fiquei feliz em saber que o meu grande amigo Ricardo finalmente percebeu que o tempo é um detalhe sem importância no mundo BALEIAS. Ele agora vai se divertir muito mais. Você cuidou muito bem desse patrimônio do seu paraíso portátil. Obrigado! Obrigado também pelas lembranças ornitológicas.
Miguel, gostaria de ficar aqui escrevendo sobre as minhas emoções, como quem aprecia uma verdadeira obra de arte, mas sei que isto não é possível...
Grande abraço e responda o meu e-mail, viu?
Sentimos saudades!!!
Gilmar, Ana Carolina e Laurinha

claudio dundes disse...

Miguel

Parabéns pelo aniversário e por esse relato Baleias.

Dois dias depois da nossa chegada, Henrique recebeu de volta o seu Leozinto devidamente medalhado. Ele gostou demais. E como gordo e Baleias: chorei. E choro de novo, vendo-o por todo o post.

Amei ter conhecido todos os demais Baleias. Ter revisto o Tinil e curtido toda essa festa de perto.

Assunção ficará alanranjada pra sempre!

Dona D disse...

Miguel!!!

Essa equipe está se tornando qualquer coisa de extraordinária!!!!

Parabéns por tudo: pela prova, pelo relato, pela equipe....

Beijão do fundo do meu coração!

Saudades do6!

tutta disse...

Sensacional como sempre.
Porém, acho que faltou apenas dizer que quebrei na maratona. hehe
Brincadeira.

Este final de semana foi fantástico demais. Foi um prazer revê-lo, bem como rever alguns e conhecer outros tantos Baleias. Isso foi algo que me alegrou muito e graças a vocês, a frustração por eu não ter completado essa minha primeira maratona com o Manto Coral foi amenizada.
Agora só preciso de ânimo pra voltar aos treinos e sei que ele logo virá, pois nas minhas veias correm sangue alaranjado.

Inscrição pra Maratona de Assunção: 100 reais;
Viagem aérea: 510 reais;
Hotel: 150 reais;
Final de semana na presença Baleias: NÃO TEM PREÇO!

Abraço, parabéns e muito obrigado por tudo, pois se não fosse você o meu sonho de viajar de avião e de correr uma prova fora do Brasil não aconteceria tão cedo.

Sucesso e muita saúde pra que você possa continaur sua vida nas corridas e nos alegrando e emocionando com os seus excepcionais relatos.

Fique com Deus.


tutta/BALEIAS/Pr
www.correndocorridas.blogspot.com

Moa disse...

Caro CEO, a decisão de correr com o mundo cetáceo em Assunção só se ratificou após este post... e rumo à Curitiba!

irmascordeiro disse...

Miguel, meus mestre!!

Que festa!! O mundo Baleias é algo de extraordinário mesmo. E eu também sou BALEIAS!!
Parabéns a você, Wu e demais amigos Baleias pela grande corrida em Assunção.
Beijos
Mônica Cordeiro/Tabira-PE

Sergio disse...

Miguel,
foi depois de ler o relato do ano passado que sonhei em ir a Assunção esse ano. O relato deste ano, sensacional, também incentivará muita gente!

Você escreve com o coração e quem te conhece sabe que assim você é na vida real. Sua mãe tinha razão, não te chamando de burro :-) mas dizendo que você tem um coração enorme.

Essa viagem a Assunção está como a ida a Meca para os muçulmanos, todos os Baleias tem que ir ao menos uma vez. Preferencialmente muito mais...

As fotos me fizeram viajar no tempo e voltar às ruas de Assunção onde passei certamente dos melhores finais de semana da minha vida.

Esse manto coral é uma honra para mim e usarei com muito orgulho. Agradeço também pelas palavras carinhosas.

Grande abraço a você e a todos os demais baleias,
Sergio
corredorfeliz

Ricardo Hoffmann disse...

Meu amigo, você é o mecenas do mundo que corre. Descobre arte em todos, tira o melhor de cada um, e engrandece o mundo com a alegria do JBS. Vida longa a essa bando. O Paraguai é coral. Grande abraço.

Marcos Bonitão da Meire /Baleias disse...

Queridos amigos Baleias, depois de um longo período tentando voltar a vida dos simples mortais , descobri que o segredo para sair desta depressão é planejar a próxima aventura Baleias. Uma vez que não vou a Londrina, só uma parte de mim estará lá. Comprei as passagens e reservamos hotel rumo a Curitiba, passou, não sinto mais nada... já estou pronto pra mais uma na veia...huhuuuu segura Curitiba.
Marcos Bonitão da Meire e Meire /Baleias

Thiago disse...

Nossa. Muito legal! Muita gente na corrida. Fiquei arrependido de não ter ido. Mas realmente não tive como.
Abraço

Fabi disse...

Miguel que gente animada sô =)
Parabéns pela bela festa

Bons Kms
Fabi =)

DricaPeixoto disse...

Que festa linda, que festa especial. Essa turma coral faz amigos por onde passa.

Os relatos da Elis e do Sergio já davam pista de que a festa tinha sido emocionante demais, e agora conseguimos ter uma idéia maior do quanto essa equipe sabe festejar.

Eu me emocionei com o leão do Claudio, que pai incrível!

Elis e Lana, um beijo enorme! Vcs são valentes demais.

Meire, fiquei preocupada quando soube do seu desmaio, aí seu bonitão me disse que te carregou no colo, te encheu de beijos e tudo terminou bem. Ô coisa linda, vcs são um tesouro e você é guerreira demais.

Marcos, nessa foto inicial você parece estar dançando um agachadinho ou um axé ... sinal de aquele projeto está seguindo bem. rsrsrs

Wu, um beijo enorme!

Miguel, abandono!

Um beijo para essa turma toda que é querida demais!

Tiago Antunes disse...

Bah Miguel, que festa!!!!

Grande Abraço
Tiago Antunes
www.vodoismax.blogspot.com

walter disse...

Miguel, não esperava nada menos que isso, a equipe baleias é espetacular, e sua forma de liderança virará tese de doutorado, rsrsrs.
Fico aqui babando de vontade de participar disso tudo, estarei em Londrina e Curitiba, vou viver um pouco do mundo baleias com certeza.

Dani disse...

Oi Miguel, meu amado mestre!!!

Que a festa Baleias em Curitiba seja tão boa qto foi em Assunção.

Vendo e lendo o seu relato senti muito em não ter podido estar junto, mas ano que vem é certa a nossa ida.

Bjos,
Dani
correndoemagrecendo.blogspot.com

Ricardo Hoffmann disse...

Como pessoas sérias e honestas foram coniventes em pagar propina?! rsrs (vide conta de restaurante). A Receita está de olho em vocês.

Marcos Bonitão da Meire / Baleias disse...

Marcos Bonitão da Meire

Drica isto é um Xénhenhem.... é uma evolução do projeto. kkkkk

Abrs

Meire/Baleias disse...

Miguelito querido.... "amo muito você"... como sou feliz em participar de uma equipe como a nossa, quanta gente boa, gente que é gente, turma boa demais da conta uai só kkkkkkk... Confesso que até hoje estou de ressaca,sinto falta da farra e tbm da minha pretinha. São tantas emoções...Queria muito voltar atras e parar o tempo.... Mas.... como não é possivel e disse meu bonitão focamos nos próximos 42.195 e em Curitiba que é festa garantida... Obrigada pelo convite feito a tempos atras de participar da equipe, obrigada pela acolhida e principalmente por ser tão feliz ao lado de vocês...

Bjks

Meire/Baleias - BH/MG

Anônimo disse...

Grande Miguel e toda equipe Baleias!!Que bom viver dessa forma,com tanta harmonia e melhor,tão simples assim,correndo,conhecendo,se confraternizando e vivendo...!!Parabéns mesmo a todos integrantes cetáceos!!A Acorja se orgulha de tê-los como grandes amigos!!Saúde e muitos km e viagens para vcs!!Abs:Paulo Sobral(Admirador do JBS)!!

irmascordeiro disse...

Miguel, Um dia eu ainda participo de uma festa dessas. Já estou gravando os nomes e rostos Baleias que vou encontrar por aí. Bela festa, ótimo relato. Mariana

Bruna disse...

Quanta alegria! um dia quero correr com vcs!!!!! e vibrar com vcs no meio da rua... =) fiquei com inveja boa do meu amigo Dalton, que conheceu vcs! abraços!!!

Paulo Ricardo disse...

Grande Miguel, que festa arretada. Adoro o JBS. Fiquei morrendo de inveja, pois esse ano não deu pra eu tá lá com vocês. Ano que eu vou nem que seja como cadeirante.


Paulo Picanha

Luciana disse...

Festa maravilhosa...como todas as festas Baleias!!!!

Abçs
Lu

Iluska Bsstos disse...

Querido Miguel,

Que encontro maravilhoso!!! Nós, ausentes, ficamos maravilhados com o clima de descontração, amizade e sobretudo, com a cooperação entre os membos Baleias... Mesmo não o conhecendo o grupo pessoalmente, só parte importante dele, acredito na importância de realizar atividades físicas com prazer, sem deixar de curtir os momentos de interação, felicidade e ainda cometer alguns "delitos" maravilhosos da vida... Alimentar-se (comer, mesmo!) e hidratar-se (tomar umas)...

Tudo de bom pra toda a Equipe Baleias!!! Abraço,

Iluska Bastos (Mais uma fã nordestina: cearense e quase pernambucana!!!).

TINIL BALEIAS MANGUAÇA disse...

Prezado Miguel e demais Irmãos BALEIAS,

Que festa maravilhosa. Não é possível descrever com palavras a felicidade de participar de momentos tão especiais como os daquele final de semana. Com tantos problemas particulares e físicos e os inúmeros enfrentados durante a difícil prova de Assunção,ser recebido por uma enorme torcida BALEIAS na chegada foi gratificante e serviu para esquecer todos os maus momentos vividos durante o percurso.

O convívio mais próximo com Claudio Dundes, Ênio SP, Lana, Tadeu, Elis, Betinha, Marines, Carlos Magno, Meire e o seu Bonitão definiu de forma concreta o que é o JBS. O convívio começou com a Cervejinha(BAVIERA) no almoço de sábado e finalizou na madrugada de segunda, no quarto de Carlos Magno, onde além dele, Betinha, Ênio SP e TINIL brindaram com a última Baviera encontrada no freezer do desmaiado Claudio Dundes, no quarto ao lado, um final de semana INESQUECÍVEL.

Obrigado MIGUEL, obrigado MYRTA. Participar desta festa foi estimulante para o enfrentamento dos problemas do dia-a-dia.

Ao mais rápido BALEIAS Tutta, um grande abraço esperando que o acontecido em Assunção sirva apenas de estímulo para a superação em próximos desafios.

Parabéns a todos, mas principalmente ao meu afilhado BALEIAS e grande amigo de mais de 24 anos Márcio Maceió e sua inseparável Aline, pela finalização de sua primeira Maratona. Sei o que isto representa.

Até a próxima.

TINIL FELIZ MANGUAÇA e BALEIAS.

Lana disse...

Em breve na Revista de bordo da GOL

Quem: Ailton, Aline, Ana Amélia, Ana Shibata, Andreia, Betinha, Carlos Magno, Carol, Cláudio Dundes, Dani, Danieli, Elis, Enio/BH, Enio/SP, Isabel, Ismael, João Batista, José Maia, Lana, Marcelinho, Márcio, Marcos, Marinês, Matheus, Mayumi, Meire, Miguel, Olício, Ricardo, Rogério, Sérgio, Tadeu, Tinil, Tutta, Wu e Zilda

De onde: Alagoas, Brasília, Goiás, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro

Para onde: Assunção

Por que: correr provas de 10, 21 ou 42 km. Em Assunção o grupo constatou que também seria possível rever amigos; bater pernas pelas ruas de uma cidade aparentemente organizada e segura; dar muitas gargalhadas; falar horas a fio sobre corridas; comprar; comer bem e barato; beber; participar de uma prova organizada com amor e dedicação; descobrir que os paraguaios são atenciosos, educados, gentis e entendem a nossa língua; ser o último membro da equipe a concluir a prova e mesmo assim achar que fez a melhor maratona da sua vida.

Enfim, celebrar a vida e a arte do encontro, como bem nos ensina o grande pensador e filósofo Miguel Delgado.

Lana Gomes – Sou BALEIAS sou de Minas Gerais

elis disse...

muito amado universo Baleias!!!
querido e sábio miguel!

não me canso de vir aqui, saborear um pouco mais desse nosso fim de semana delicioso!!!

como é bom ser Baleias!!!

a imagem da lana terminando a maratona com a bandeira do brasil no alto é emocionante!
linda!
entrará para os anais Baleias, como símbolo de nossa paixão pelos grandes desafios!

parabéns pra todos!

abraços!
da elis
que tá morrendo de saudade de todo mundo!
buáááá
quero mais festa!!!!
buááááá!

Mari Baleias Recife disse...

Eita que esse vício tá pegando.......a interface do meu net tangerizou(a cor coral não é mais laranja agora é tangerina.....coisas do mundo fashion...ui...). Ei Elis lindinha chorona, facim, facim de resolver, Londrina na área, ainda há tempo bora? Ficaremos as três juntinhas eu, tu e Meire, bora, bora?........festa e alegria não faltarão eu prometo.

xeiros.

Meire/Baleias disse...

Afffffffffff... Essa coisa pega de ler e reler o post de Assunção....kkkkkkk

Lana, parabéns pela conquista entre dores, suor e muitas lágrimas. Show de corrida.

Elis querida, chora .... chora... pq eu não consigo parar até hj por tantos sentimentos vividos antes, durante e depois de maratona. A ressaca não passa....Bora prá Londrina pq a festa será com cor e sabor de tangerina.... Amoooooo tudo isso.

Mari, essa da cor de tangerina foi o melhor de todas, só você....kkkk
Saudades de tudo.

Bjks

Meire/Baleias - BH/MG

Marluce Fagotti disse...

Quanto tempo que não passo aqui!
Que linda esta festa!
Que equipe fantástica!
Cada vez que volto aqui me animo e me abasteço de motivação e de alegria!
Vcs vem correr em Londrina? Quero tirar uma fotinha com cada Baleias!!!!!!!!!
Grande abraço, Marluce

Ismael Neto e Dani-BH disse...

Boa noite nossos novos grandes amigos baleias!

Esperamos certo tempo para deixar aqui algum comentário,isto porque a expressão comentário é muito simplista para refletir o que vivemos naquele final de semana.

Eu, Ismael Neto, baixinho da Xuxa, e Dani-BH, casal salada, ficamos encantados com a vontade, de cada membro desta coral equipe de corridas, em ajudar incentivar e apoiar seus pares.

Com isso, foi impossível resistir a mais um encontro em Curitiba, onde mais uma vez, Carlos Magno, troféu "fair play" gritará em companhia dos que forem chegando o nome de cada corredor.

Obs.:Como dessa vez Ismael Neto correrá a maratona aguarda a recepção de todos quando de sua chegada com tempo de 7: 48: 31.Quero ver todos lá em!!!!!

Com esse relato, espero que minha foto continue no relato.


Ismael Neto e Dani-BH, um casal que foi feliz demais em Assunção!!!

Aléssio disse...

Realmente Miguel. Não há maneira mais saborosa de repor o sódio perdido durante uma maratona do que com a batata argentina LAYS. Melhor ainda se for com a embalagem de 400g e na companhia dos amigos Baleias.

Abraços

DricaPeixoto disse...

MM (Mestre Miguel), já alterei o texto no blog, obrigada pela contribuição :}
Esperamos espalhar o JBS para todo o universo corrístico!

Carlos Henrique disse...

O bom de ser BALEIAS é que temos emoção garantida, correndo ou não. Obvio que o melhor é estar nas ruas participando, mas só de acompanhar a alegria contagiante de meus queridos AMIGOS (conhecidos ou não) já temos um grande reforço em nossas energias. O único problema é que quando estamos com dificuldades para participar in loco da festa BALEIAS, ao ler um relato como este e depois os emocionados comentários corremos o risco de fazer algum esforço alem do possível para não perder a próxima festa. Vamos ver como faço com a negociação entre a danada da RAZÃO e a querida EMOÇÃO para decidir se vou ou não para a maratona de Curitiba!!!
AHHHHH Miguel... você complica minha vida!!!!
Abraços a todos,
Carlos Henrique - BH

Evandro Cardoso (Alemão) disse...

Amigo Miguel, você está de parabéns por todas as fotos e relatos dessa belíssima viagem. Um grupo muito bonito , expressivo e sem dúvida animadíssimo.Espero que em breve possa desfrutar de sua companhia nas próximas corridas. Vamos para o PRAIAS E TRILHAS!!!!Abraço
Evandro Alemão

Corredora Pernambucana disse...

Caro amigo Miguel,
Que delícia o relato.
Emocionante ver a chegada de Lana. E todos que lutaram contra as suas mazelas para poderem completar a prova. Mas prova sem dificuldade não tem graça né?
Adorei,
Espero um dia poder fazer uma viagem dessas com o Melhor e maior grupo de corrida do MUNDO!
Bjãoooo

Como diria meu amigo Gilmar,o Baelias vai dominar o mundoooooo!

Vanessa Torres - Baleias-PE

BMW disse...

Que bela festa hen Miguel. Parabéns pelo contagiante relato. Assunção merece Baleias e vice-versa. O acolhimento do povo asunceno é JBS! rs. Não duvido nada que em 2012 os Baleias estarão nadando na piscina presidencial rs... Boas recordações tenho desta maratona em 2010, pretendo um dia voltar, quem sabe pegando carona ae com vocês nesta linda festa do esporte, da amizade... Parabéns.
Abrx, Michel - Vinac
http://bmw-runner.blogspot.com

Superpinguim disse...

Olá Amigos Baleias!

Fiquei muito feliz pela felicidade de todos vocês, saibam que onde tiver um grupo Baleias mesmo que for de apenas 2 integrantes é certeza de muita festa, gostaria muito de estar junto de vocês ai na bela e simpática cidade de Assuncion, mas acabei correndo o K42 de Bombinhas um dia antes, e não dava tempo de chegar em Assunção em condições de correr com vocês, achei muito inteligente a observação do amigo Sergio que disse: "Assunção está como a ida a Meca para os muçulmanos, todos os Baleias tem que ir ao menos uma vez", tenho certeza que no ano que vem vocês vão superar os 50 baleias em Assuncion e dessa vez estarei junto de vocês para registrar os melhores imagens desse momento que celebra a amizade e integração de todos os povos da América Latina, um celebração à paz.
O Miguel Delgado e a Myrta Doldan deveriam ganhar o Prêmio Nóbel da Paz por incentivar a aproximação e a amizade entre o Brasil e o Paraguai, pois vocês são os grandes diplomatas da corrida. Nos vemos na Maratona de Londrina e levarei todas as fotos que fiz dos Baleias na Maratona de Assuncion do ano passado.
Um grande abraço!!!

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
--ooO--(_)--Ooo--
Po Miguel o leão...rsss...amigo eu só tenho a te parabenizar a vc e sua equipe, aonde vcs vão é uma verdadeira festa que showww,é o manto coral ganhando o mundo...Quer dizer que agora vc adotou outro mascote? A baleia vai ficar com ciúmes do leão hein...rsss...Valeu amigo na próxima vez vou querer autógrafo po tirando onda com até o presidente...rsss...

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Anônimo disse...

Valeu Miguelzinho!!! Parabéns pelo sucesso dos Baleias em Assunção, vocês encantaram todos os povos que ali estavam com um único objetivo que era correr e correr 42KM.
É bom ver animação dessa galera, amo todos e declaro que estou com muita saudade!!! Valeu Galera!!!!
Amo vocês!!! que vem a Pampulha.
Abraço
LULA HOLANDA

Mari Baleias Recife disse...

Ah Miguelão você é tudo de bom, é pedra fundamental para o Bando Baleias, o paizão que cuida de tudo e de todos, nosso ponto de equilíbrio coral. Assim como Sérgio animei para ir a Assunção depois de ler o relato do ano passado, a festa desse ano superou a anterior, o bando cresceu, a alegria aumentou. O povo paraguaio sabe ser carinhoso, uma das maratonas mais organizadas que já participei, é claro que organizada por maratonista "Myrta" tinha que ser especial, ela capricha faz com amor, a gente se deleita.
Não tinha afirmado anteriormente mas Assunção e Rio estão no meu calendário para retornar. Amei a viagem, foi bom demais conhecer novos Baleias, amei a companhia e o carinho de todos, como diz Elis, ser Baleias é apaixonante, me sinto assim.