MAIS PÁGINAS BALEIAS!

segunda-feira, 30 de maio de 2011

MARATONA DE PORTO ALEGRE, o mundo que corre já enfrentou Comrades, Ironman, Bertioga Maresias e o blog Baleias comenta agora a felicidade que, supostamente, já passou mas resiste e existe no coração Baleias !!

Prezado mundo que corre, prezado mundo Baleias e prezado mundo que não corre, não é Baleias, mas nem por isso deixa de ter imenso valor.

Atrasado desse jeito somente começando com muito carinho.

A Maratona de Porto Alegre não estava nos planos de Miguel Delgado e Wu Arantes que esse ano adotam postura mais comedida tendo em vista que flertaram com a bancarrota em 2010 em função do giro na América do Sul. 

Mas as informações dos amigos que confirmavam a ida não deixavam a ideia fugir da mente. Meire, Lana, Tinil, Júlio Cordeiro, Joel Leitão, Ricardo Ramos, Marinês Melo, Paulo Gustavo confirmaram e não podiamos ficar de fora. Com a chegada da informação de que seriam apenas 8 mil milhas Gol e que um hotel de 40 reais de diária, que seria única, fora encontrado definiu a situação. 

Como detenho por confiança os dados financeiros e senhas de Wu Arantes comprei as passagens e fiz nossa inscrição na maratona. Nem avisei, deixei para ele receber os emails na segunda-feira pela manhã. Indo sábado e voltando no domingo, e sem gastar muito, é possível fazer a inscrição de Wu sem perguntar.
Livro e Contra-Relógio no aeroporto de Confins iniciava-se mais um final de semana onde o mundo que corre respira VO2, alimenta-se de carboidrato, veste-se com tecido tecnológico e só trata de planos para a prova e para as seguintes, ou seja, mais um final de semana dos sonhos, mais uma maratona ao lado dos amigos.
Mais um livro, no aeroporto de Curitiba, para celebrar Daniela Kato e Vinicius Bietkoski, no sábado no início da tarde o périplo pela cidade começa.
Seguimos para o almoço com Stephanie Perrone, a simpática e rápida corredora e jornalista do sul, que em 2009 recebeu gentilmente a Equipe Baleias em seu almoço e nos proporcionou a alegria de conhecer Júlio Cordeiro, nosso idolo, além dela mesma, claro. Reencontramos a simpática Cristiane, esposa de Júlio e conhecemos Selma, que padece com as loucuras de Joel Leitão. Reencontramos também Ésio Cursino, o corredor camarada que não anda com a cara boa para mim mas que vou reconquistá-lo e os Twitter run´s, dentre eles André Ribeiro, amigo forte do Rio de Janeiro.
Ao buscar o kit reencontramos os amigos da Contra-Relógio, oráculo Baleias, Sérgio e Tião Moreira.
Uma passagem no Mercado Público para Wu comprar uma sacola de saco. Lembramos das compras de Aline em Rio Grande.
Orientados por Carlos Hideaki e Paulo Gustavo, via telefone, fomos conhecer um Café situado no cofre de um banco de Porto Alegre cujo prédio foi transformado em espaço cultural. É incrível como os bancos são gentis com a sociedade.
À noite rumamos para o jantar de massas. Reunião pré-prova cuja principal função é proporcionar o encontro com os amigos corredores que não vemos desde a última maratona. O macarrão mesmo é irrelevante.
Lá encontramos com Pinguim, o xará de Ricardo Hoffman (nosso Baleias D. Casmurro), de azul sem japona, que havia encontrado na São Silvestre 2010 e Eduardo.
O jantar de massas foi a oportunidade de reencontrar o Japa Crasy Hideaki, amigo do coração.
Um corredor no meio do salão do jantar de massas me pergunta sobre a corredora Baleias que participou com ele da prova XTerra em São João Del Rey. Era Meire. Essa Baleias é fomosa demais. A menina dos olhos da Equipe Baleias. Os corredores, seus admiradores, são Silvério Falchetto e Orcelino, ambos da Equipe da Embratel.
E a principal alegria da Maratona de Porto Alegre. Reencontrei Sebastião, maratonista de 48 maratonas e sua simpática esposa Gláucia, meia maratonista, meio preguiçosa, segundo sebastião. Nos acompanha na foto Paulo Ricardo, corredor de Porto Alegre que compareceu ao jantar de massas e experimentou a companhia do casal, ou seja, já conheceu o que de melhor existe em uma maratona, a companhia de bons amigos. Sebastião e Gláucia são exemplos perfeitos disso.

Sebastião está em todas as provas. No ano passado nos encontramos em Punta del Este e Assunção e certamente estivemos juntos em outras provas durante o ano. 

Mas a alegria principal declarada consiste na adesão de Sebastião e Gláucia ao mundo Baleias. No encontro na entrega do kit na Corrida da Ponte Rio Niterói Gláucia disse a Sebastião na minha presença: "você tem que se unir a esse pessoal". Fiquei com aquilo na cabeça, pensando que esse cara é nosso, tem o estilo Baleias, adora dar gargalhadas, corre muitas provas e não esquenta se o macarrão de um jantar de massas não estiver na temperatura supostamente adequada.

Agora com Sebastião, seremos 5 Baleias em Berlim. E Sebastião já definiu o local de almoço pós maratona em Berlim já que é habitué da maratona.   
De Paulo Silva o simpático organizador da Maratona de Porto Alegre e seu igualmente simpático filho Paulinho Stone tivemos a não muito boa notícia de que a prova da Garoto em Vitória coincidirá com a Maratona de Assunção. A prova em Vitória faz parte da lista Baleias, inclusive já fomos convidados por Katryny e José Carlos Scalzer, mas até hoje, que me lembro, somente Ênio Henriques, de BH, conseguiu corrê-la.

Obs. Recebi a informação de que Ricardo Hoffmann e Meire também correram a prova quando ainda pagãos.
Voltando para o hotel encontramos Bartolomeu da Acorja, amizade construída nos passeios de Curitiba em 2009. 
 O filho de Bartolomeu, João Paulo, presente naquele momento foi matéria do blog Baleias quando de seu nascimento. O momento, emocionante, parecia mais uma vez a seção Baleias para Sempre!

Acabada a emoção e o choro conclamamos Morfeu e montamos no porco. Era preciso dormir.

































Acordados e prontos. Agora em nova formação. Ricardo Ramos em sua primeira prova Baleias. Correndo sob o Manto Coral e dormindo no mesmo quarto com Miguel e Wu. Segredos Baleias revelados.
Baleias em Poá, na largada, pelas lentes de Paulo Gustavo.
Mais Baleias em foto gentilmente cedida pelo Blog Maratonista Pernambucano de Júlio Cordeiro. Tinil, nosso amigo fraterno, num verdadeiro Retorno de Jedi, Joel Leitão. Um clássico a indumentária dos corredores pernambucanos da Acorja.

Fui procurar Tinil e Lana para mais uma tentativa de foto com Baleias totais em uma prova mas quando cheguei com Lana, Meire já havia ido para a largada. Mais um ponto para a lenda Baleias.

Na largada encontrei com Maurício Bertuzzi o idealizador e executor do 1º Desafio das 6 Maratonas Brasileiras. Bom demais rever a turma de 2009, Dr. João Gabbardo, Nilson e Rogério, cada vez mais fortinho. Mauricio está mais direcionado para o triatlon, Nilson e João Gabbardo firmes nas ultras fizeram a BR 135 junto com Alberto Peixoto, também da turma de 2009, todos na categoria solo. Nilson rodou a Europa em 2011 fazendo várias maratonas. Falei com ele para criar um blog onde conte suas histórias e dê dicas para nós.

Dada a largada a diáspora Baleias se estabeleceu. Tinil, sumiu. Parti em companhia de Marinês Melo com a promessa de detonarmos Wu. Não foi possível.  Meire e Ricardo Ramos foram com a incumbência de ganhar de Júlio Cordeiro já que eu e Wu ainda não damos conta do recado.  Lana Gomes seguiu para sua segunda maratona, três dias após, finalmente, comprar as passagens para Assunção, onde correrá a terceira e seu estimado esposo Baleias, Tadeu, enfrentará os 10 kms.

Seguimos Joel Leitão por um período mas o cara ao invés de diminuir o ritmo só melhorava. Contentamos, então, de não perder para o último dos moicanos, o que seria o fim de nossas carreiras.

Incrível a quantidade de gente de Belo Horizonte. Em alguns momentos confundiamos o Guaíba com a Lagoa da Pampulha.

Durante o percurso um corredor diz que é leitor assíduo do blog Baleias. Fico doido. Pergunto seu nome para o devido registro e agradecimento pelo momento que é uma das grandes alegrias de minha vida de gordo, arremedo de missivista, e descubro que também sou leitor de seu blog. É Benedito de Recife. O reconhecimento mútuo me traz mais satisfação ainda porque mostro ao amigo virtual que domino detalhes de seu blog.

A prova segue sem incidentes até Marinês reclamar de dores no dedo do pé e caimbras. A partir dessa constatação a prova foi um suplício para ela. Porém, como pessoa solidária que é, mesmo com dores  Marinês arrumou disposição para apoiar Luis, corredor de Belo Horizonte que jazia em caimbras no canteiro central da avenida. Fiquei emocionado. Naquela atitude, o que Wu havia me ensinado caia por terra. Wu assevera que devemos sempre ajudar os corredores, tão logo cruzemos a linha de chegada.
O Resultado Baleias:

Não temos registro fotográfico de Tinil e Meire. Tão rápidos em suas categorias que o flash não os pega.
Lana, Ricardo e Wu, felizes com a conquista, clicados para a coluna por Tadeu Gomes, o Baleias de Lana.
Joel Leitão, guerreiro e poderoso. Toma vinho, bebe cerveja, corre 42 e corre 75 km em seguida. O cara é forte pra caramba.
 
 Lana mostrando ao mundo sua emoção e seu nome em sua primeira maratona sob o Manto Coral.
Por fim chegam Marinês Melo, na casquinha, e esse redator executivo que a cada dia gosta mais de correr. O próximo passo é abandonar o relógio como já fez Sebastião, o mais novo Baleias, mas a postura de Wu diante das vitórias sobre mim ainda não me permitem tal desprendimento. Ainda vou dar uma coça bem dada nele numa maratona para deixar tudo muito bem claro. Bater o recorde mundial em Berlim acabaria com essas conversinhas. Esclareço ao mundo Baleias que recorde mundial é fundado em convenção e parâmetros. Lembram que Boston não vale nada?
Lana Gomes, feliz da vida, Marinês Melo tentando entender o que houve com o dedinho e Miguel Delgado comendo já o sétimo bolinho ganhado dos demais corredores que preferem banana. Duas bananas estavam valendo um bolinho na Maratona de Porto Alegre.

Nesse mesmo momento nos encontramos com os corredores de Sergipe, capitaneados por Aléssio, agora chefe de Equipe. As fotos foram muitas e Aléssio prometeu me enviar do próprio hotel, no mesmo dia. Se esse blog vivesse das promessas de fotos eu seria magro.
De volta ao hotel, e já prontos para seguir para o aeroporto notamos um corredor com um enorme troféu. Indagado sobre a façanha ouvimos tratar-se de Paulo Rogério, corredor de Auge do Carmo, cidade do Estado do Rio de Janeiro que não conhecíamos mas que agora sabemos que tem, no mínimo, cidadãos muito simpáticos. Com menos de três anos de carreira Paulo Rogério já  tem o 5º lugar em sua segunda maratona. 

Novamente indagado, quase pressionado, sobre como conseguiu isso revelou apontando para mim: eu era como você. Pô, apelou, perdeu! Só porque sou gordo não quer dizer que podem me usar de exemplo para tudo o que é ruim.
Registramos também a amizade com Flávio, maratonista que estreiou em Porto Alegre, que veio acompanhado de seu irmão gêmeo. Flávio e o irmão seguiram conosco para a prova, porém, na volta, na guerra de taxis que se instaurou no chegada tivemos que abandoná-los, não sem um incômodo de minha parte. Mas os jovens são safos e já estavam prontos no hotel para a peleja no Beira-Rio. Esse ano esqueci que a gente gosta de ver jogos nas cidades que visitamos.
Já no aeroporto Marinês se encontrou com amigo corredor que conhecera em Punta del Este 2010, Jaciel  Antônio Paulino, vencedor da Maratona de Porto Alegre
Na hora de ir embora, enquanto Wu e Ricardo iam juntos ao banheiro, registramos a satisfação do encontro com Carlos Bento, maratonista muito conhecido e reconhecido em Belo Horizonte, proprietário do Restaurante Las Leñas, em Belo Horizonte, especializado em advogados e sua amiga corredora de ponta Camila dos Santos, também de Belo Horizonte.
Por fim, o registro com os corredores de Brasilia, da Equipe Família Orion, turma simpática que corre pra caramba e mantém o estilo Baleias de ser. 

Ricardo Ramos e Marinês Melo seguiram para Recife e eu e Wu seguimos para Belo Horizonte. Mais à noite Lana Gomes, Tadeu e Meire seguiram direto para Belo Horizonte e chegamos todos no mesmo horário. Em São Paulo, durante uma baldeação ainda encontramos com Paulo Gustavo que lá estava perdido. A foto que fizemos, pelo tamanho dos canecos, foi vetada pelo Conselho Superior Baleias para frequentar o blog.

Porto Alegre, local de boa maratona como sempre, marca o coração Baleias por dois momentos cruciais.

Um é o retorno de Tinil aos encontros Baleias. Mesmo que rápido, o retorno está estabelecido. Esperamos que seu joelho não dificulte o ano de maratonas.

O outro é a chegada de Sebastião e Gláucia, mais um casal Baleias. A alegria dos amigos é o símbolo Baleias. Sebastião, em contato telefônico para selar a adesão Baleias, confirmou que estará em Assunção com Gláucia para praticarmos juntos mais algumas palavras em espanhol.

Mais uma vez vivemos um belo final de semana. 

Enquanto isso, embora o blog esteja atrasado, nesse último domingo, 10 Baleias estiveram em corrida de 10 km em Belo Horizonte, Fernanda e Ricardo experimentaram (Ricardo já o tinha feito em 2010) e venceram o Iroman e Joel Leitão detonou os 75 kms de Bertioga Maresias.

O blog tem ficado aquém do apetite da Equipe Baleias por kms mas isso é muito bom e prometo também de minha parte que vou melhorar. 

Abraço a todos e aguardem os novos relatos das conquistas dos amigos Baleias.

Miguel Delgado, meio atrasado, mas ainda gente fina!

17 comentários:

Sergio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sergio disse...

Muito bacana, Miguel. Uma grande festa, com certeza. Não se preocupar com a temperatura da massa é uma filosofia de vida!

PS já estou devidamente inscrito na Maratona de Assunção, inclusive com reserva no mesmo hotel. Vai ser muito bacana!

abraço,
Sergio

Ricardo Hoffmann disse...

Gordo, arrebentou como sempre. Estou na lista dos que completaram a Garoto no ES, fiz em 2008. E digo que não existe kit pós corrida mais sortido e gostoso. Muito bom o relato. Essa família coral só vai crescendo, e isso é muito bom. Grande abraço.

Carlos Henrique disse...

Querido amigo Miguel, como você disse, pelo apetite Baleias em participar de corridas mundo afora, vejo que seu maior desafio agora será conseguir acompanhar esta turma em seus belos relatos. Daqui a pouco vai ser mais facil correr uma ultra do que manter o blog em dia com os acontecimentos.
Mais uma vez, agora com o testemunho do mundo dos blogs, agradeço seu grande apoio e carinho dado à minha menina, Jéssica, em sua segunda corrida, novamente nos 10 km, este fim de semana (que eu estava viajando) no Circuito Caixa de BH. Ela me disse que teve mais dificuldades do que no Chile, mas no final com seu apoio e também do Carlão da Equipe MF ela venceu seu segundo desafio.
Um grande e agradecido abraço,
Carlos Henrique

Dani disse...

Miguel, meu mestre!!!

Cada vez que leio os seus relatos fico imaginando como será em Assunção. Ainda não temos nada em definitivo, apesar que tô mais é querendo fazer loucura e parcelar tudo....rs. Que o Vinicius não me ouça e muito menos leia isso.

Linda a festa Baleias em PoA. Parabéns à todos os concluintes da maratona ou outras provas. Quero só ver qdo o meu nome aparecer naquela listinha dos Baleias participantes numa maratona....vai ser o último nome na certa. Mas, não importa...tô nem aí pra isso, quero mais é fazer festa mesmo!!!!

Me diga, como faço pra pegar o livro? Ou alguém já pegou, não lembro das regras....rs. Problemas de alzheimer.

Bjos,
Dani
correndoemagrecendo.blogspot.com

Alessandro S Silva disse...

Muito legal a oportunidade que essas provas dão para reencontrarmos amigos.

Boas Corridas!!

Alessandro
http://blog42195.blogspot.com/
@alesilvabr

GILMAR FARIAS disse...

Miguel,
No domingo, os outros esperam ansiosamente o jornal ou a Revista Veja para colocar a leitura em dia. Eu espero a atualização do seu blog.
Não é a toa que você é a grande celebridade do mundo das corridas. Em breve vai ter gente correndo com caneta e pepel para te pedir autógrafos durante as maratonas.
Meu amigo, este post é um verdedeiro presente. Ele é quase me teletransportou para Porto Alegre.
Preciso do seu endereço para te mandar uma caixa de bolinhos.
Grande abraço!
Gilmar

Fábio Namiuti disse...

Mais uma festa com o selo de autenticidade Baleias. Parabéns a todos os festeiros presentes e a você, amigo Miguel, pelo belo documentário.

Deixei coisas por fazer em PoA no ano passado, pena que não pude voltar para realizá-las desta vez, mas usarei esta e outras histórias que li como mais inspiração para uma próxima.

Grande abraço!

elis disse...

oi, miguel!
olá, gloriosa equipe Baleias!!!

parabéns a todos por suas valorosas conquistas!!!
essa equipe linda e festeira me enche de orgulho!
um parabéns muito especial pro meu querido amigo joel, que conquistou os 75km do desafio bertioga-maresias!!!
fernanda e ricardo, parabéns pela conquista! vocês são inspiração pra nossa amada equipe, louca por desafios tamanho Baleias;)

mal posso esperar para estar com todos vocês, em urubici... e em assunção;)

é uma delícia ler seus relatos, miguel!
quando vejo que tem post novo, pego uma xícara de café, e fico saboreando, o café e suas palavras! e por alguns instantes, meu mundo inteiro fica coral!

bom demais ser Baleias!!!

bjs
http://elismc.blogspot.com

Wu disse...

Coça em Berlim?
Sera?

Wu

Corredora Pernambucana disse...

Ow Miguel muito bom vê que essa equipe só faz crescer, colher ótimos resultados e a celebração com muitos amigos, entre eles Júlio e Marinês que tive tb a honra de conhecer em Refice.
Sem comentar na vitória de Júlio em cima de Almir.. em Comrades...rsrsrs

Abração e parabéns por mais uma Maratona!
Vanessa Torres

TINIL MANGUAÇA disse...

Amigão Miguel e Irmãos Baleias,

Apesar de muito rápido, excelente encontrar alguns amigos depois de um longo tempo em POA.

Enquanto o joelho aguentar e a alegria prevalecer continuaremos encontrando durante o ano para que a festa não possa parar.

Próxima empreitada - SAMPA. Depois só Deus para saber.

Tudo de bom e muita alegria para todos do mundo BALEIAS.

TINIL FELIZ MANGUAÇA.

tutta disse...

Não sei como você consegue guardar tanta informação na cabeça pra depois postar tudinho nos mínimos detalhes aqui no blog.
Nem tenho muito o que falar sobre este relato e sobre a participação Baleias em Porto Alegre, simplesmente SENSACIONAL.
Parabéns a todos e nos vemos em breve Miguel.
Abraço.


tutta/ubiratã-50anos
www.correndocorridas.blogspot.com

marli disse...

Olá Mundo Baleia, afinal vocês estão dominando o Mundo!!! rsrsrs
Emocionante relato, amo visitar o blog por que vc relata os fatos de uma forma que leitora vivo as emocções..
Parabéns a Equipe que esta dominando o mundo Equipe BALEI!!!
Bom final de semana!!!
\o/ simbora correr!
Bons treinos,
Boas energias,
@marlipalugan
www.marlipalugan.blogspot.com
..... ~o
......<\_
...(_)/(_) meu transporte diário!

Joel dos Santos Leitão disse...

Alô, BALEIAS!!!
Uhuuuuuuu...
Pula não, Dona Mariana, pula não!!!
Cara, esse negócio de corrida todo final de semana fez com que a camiseta BALEIAS estivesse para lavar, ou seja, corri Bertioga com uma camiseta qualquer. Precisamos multiplicar o manto sagrado.
Agora falando sério, Miguel, parabéns por mais essa Maratona, cara! Só tenho três Maratonas na bagagem, ao contrário de você, que é um veterano, mas as respeito muito. Maratona não é para qualquer um, muito menos para nós, que ostentamos nossa forma de BALEIAS.
Na Ultra de Bertioga o corredor Ricardo, da Equipe 100 Limites, disse que o problema de ser BALEIAS é que uma hora você emagrece de tanto correr. Aí que eu disse a ele que não corremos esse perigo, e que não sabemos o que fazer com esse povo da equipe que nos renega a raça.
Adorei encontrar todos lá. Tava com saudades. Pena que a Aline não veio.
Ah! Obrigado pela menção e obrigado também a amiga Elis.
Forte abraço,
Joel Leitão
http://corredordisciplinado.blogspot.com

Felipe de Souto disse...

Fala Miguelito! Cara, eu adoro ler esse Blog! Gosto, especialmente, da sua relação com o Wu, acho brilhante a zuação que você faz! Você parecem uma dupla de personagens de quadrinhos, pura diversão! Irmão, vejo que está se habituando com os ares do Sul...vai se preparando cara, escrevo de Rio Rufino, estou a 30km da largada do Desafrio...e posso te garantir, o frio está absurdo, inóspito! Passei trabalho para me aquecer essa noite! Venham com bastante roupas...Faremos um Tur pelos pontos turístico da Serra Catarinse? O que vocês pretendem? Vamos falando, parabéns pelo belo Post, como sempre, pelas histórias e pelas fotos! Forte abraço!

claudio dundes disse...

O Wu comentou, POR ESCRITO, o blog!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


Já disseram acima, as tiradas são ótimas não cansam. Este post por sinal, também foi muito instrutivo para mim, aprendi até que que há um Restaurante em BH para eu não ir nunca, risos...

Obrigado pela amizade indicondicional, amigo. E parabéns a toda equipe, da qual sou de coração e âmago!!!!!

Um grande abraço do Claudio Dundes