MAIS PÁGINAS BALEIAS!

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

IRONMAN 2011 - UM CASAL DE FERRO E CORAÇÃO BALEIAS!! Por Fernanda Campos Costa.


Meu estimado Mundo Baleias.

Apresento a vocês, com indesculpável atraso, o relato de Fernanda Campos Costa sobre a aventura dela e de Ricardo Panelli, amigos que conhecemos em Caracas na histórica maratona que fechou em 2010 o ano de maratonas Baleias e Acorja.
Ao casal de ferro peço a compreensão pelo atraso na divulgação do relato mas o Mundo Baleias vive momentos de alvoroço, muita alegria, festa, planos e as inevitáveis falhas com uns e outros que tentarei mitigar sempre.

Com vocês, Fernanda Campos Costa e Ricardo Panelli, mais do que astros principais, sujeitos de uma história de brilhar os olhos Baleias!!
IRONMAN BRASIL 2011
FLORIANÓPOLIS

RELATO DA PROVA PARA O BLOG BALEIAS


IronMan para quem é de carne e osso.
Um pouco sobre o antes, o durante e o depois...


Atletas:
Fernanda Campos Costa
Ricardo Panelli

Antes...

Motivados sempre pela vontade de superar limites e viver experiências intensas, na vida e no esporte, este ano incluímos no nosso calendário, mais uma vez, o IronMan Brasil, a maior prova de triathlon da América Latina. São 3,8 km de natação, 180 km de ciclismo e 42 km de corrida. O evento acontece desde 2001, sempre no último final de semana de maio, em Florianópolis, Santa Catarina.

Em 2010 estivemos na Ilha para o evento. Eu na torcida apesar de ter treinado bastante com ele. E o Ricardo inscrito para a prova e até ali um triatleta de primeira viagem. É isso mesmo. Ele nunca tinha feito um triátlon na vida e resolveu encarar de frente logo um IronMan. E porque não? Sua experiência em corridas de aventura, onde também se pratica mais de duas modalidade na prova já o gabaritava para isso.

Entusiasmados com o feito dele, com a organização da prova e com todas as conquistas e aprendizados reunidos ao longo dos muitos meses de treinamento, decidimos que faríamos a prova juntos em 2011. Um teste de ferro para o casal.
Rapidinho nos inscrevemos para garantir a nossa participação, pois em 2010 as 1500 vagas se esgotam em menos de 72hs de venda. Só depois a gente começou a mensurar o investimento de tempo, dinheiro, energia e até os impactos que a rotina insana de treinos iria causar no nosso relacionamento, no dia a dia com a família, na conta bancária e nas atividades profissionais.

Não é fácil não. Encaixar o volume  específico de treino de três modalidades na agenda exige um malabarismo incrível de compromissos e privações. São praticamente 6 meses de dedicação total. Tudo acaba ficando em função dos treinos para o Iron. E muitos, ou melhor, todos os outros planos acabam ficando para depois.

-         O Marcos está nos convidando para uma expedição de caiaque oceânico. Vamos?
-         Sim... depois do IronMan.
-         Precisamos decidir se iremos para a Maratona do Paraguai ou para Bombinhas... Mas...
-         É... a decisão pode ficar pra depois do IronMan, né?

A palavra IronMan passa a ser quase um mantra de tão repetida. Vive-se muitos e muitos dias do ano pensando, comendo, treinando e dormindo para o IronMan, mesmo para quem não é profissional e pretende apenas participar e concluir a prova como nós. Tanta dedicação pode acabar estimulando uma certa cobrança interna, o que não é saudável.

A cobrança que muitas vezes acabamos nos impondo, seja por resultados ou treinos perdidos, pode atrapalhar muito o desempenho e o astral no dia da prova.

Para uma prova longa como o IronMan é importante trabalhar muito bem a cabeça, além das modalidades em si. É claro que é preciso treinar pra valer. Fazer o corpo suar muito, ficar forte e flexível, ao mesmo tempo. Mas sem a mente serena, vibrante e otimista, a combustão do corpo normalmente não dá conta do recado sozinha.

Treinamos o que foi possível. E foi muita coisa. Podíamos ter treinado mais? Com certeza. Arrisco dizer tenho certeza que quase todos os atletas inscritos também falam isso às vésperas da largada. De todo o modo, partimos para Floripa com a certeza de estarmos com tudo pronto. A sensação era de que o mais difícil (a preparação) já tinha sido conquistado. Agora era só curtir muito um dia lindo de prova!
Durante...

3.8km – Natação

O sol nasceu 5 minutos antes da largada. Lindo! Largamos emocionados não só pelo visual, mas também pela adrenalina produzida pela expectativa de um longo dia pela frente. Um longo dia de IronMan.

Na natação o mar estava difícil, com muita ondulação e correnteza. A cada braçada buscávamos espaço para seguir em direção a primeira bóia. O “salve-se quem puder” da largada só se estabiliza depois dos primeiros 500 metros e ai é concentrar, buscar o espaço, respirar e acreditar.

180km  - Ciclismo
 
Durante o ciclismo o maior desafio sempre é o forte vento sul no rosto versos a kilometragem a ser rodada. Pedalamos firme. São duas voltas de 90km. Aqui trabalha-se muito o psicológico, pois em cada uma das voltas vamos do norte até o sul da ilha e voltamos passando por 4 consideráveis subidas no percurso. Só de lembrar cansa!

 42.2Km – Corrida

Chegar na área de transição para iniciar a corrida é um alívio. Com o tênis no pé falta pouco, muito pouco para terminar. Na verdade faltam 42 Km, só uma maratona e pronto. Mas garantimos que essa é uma das maratonas mais fáceis de se fazer. Depois de mais de 8 horas de prova concluir as 3 voltas do percurso, uma de 21km e outras duas de 10,5km, é  praticamente uma questão de tempo. Manter o ritmo e o foco.

Nesse momento da prova a gente acaba também interagindo mais com as pessoas e as conversas vão distraindo a gente do cansaço e enchendo nosso peito de alegria a cada passo que ficamos mais perto da linha de chegada!

A torcida!

Milhares de pessoas vão para a Ilha só para torcer. A torcida do Ironman, diga-se de passagem, é uma das coisas mais impressionantes. Vai a família toda, com gato e cachorro pra rua e, sem economia, gritam e vibram para todos que passam. Além de ser divertido ajuda muito a seguir em frente.

Depois de mais de 13 horas de prova chegamos a tão desejada linha de chegada! Chegamos quase juntos! O Ricardo completou seu segundo IronMan com 13:32:59 de prova. Com uma hora a mais em relação ao seu tempo em 2010, concluímos que a prova estava bem mais dura.  Passei pelo pórtico da chegada 13h57:07. Missão cumprida!

Não é novidade para ninguém o desproporcional tamanho que existe entre o caminho e a chegada. Chegar não muda quase nada. Já o caminho muda tudo. Claro que é maravilhoso chegar! Não deixa de ser uma maneira de honrar toda a dedicação e o esforço do caminho. O seu próprio e o do seu time. Sim, time, equipe.  Quando se cruza uma linha de chegada de um IronMan não se cruza ela sozinho. A gente tem a certeza de que junto conosco estão todos aqueles que contribuíram para nos sentirmos aptos para essa aventura.

Depois...

Já terminamos provas de aventura com o corpo muito mais dolorido. Porém, mesmo sem dores aparentes o corpo está muito fadigado devido ao desgaste dos treinamentos e não somente do dia da prova.
Agora é descansar, descansar e descansar. Descanso ativo, lógico. Porque a gente já está pensando no próximo desafio, não podemos negar. É preciso continuar movimentando o corpo, mas sem cobranças ou compromissos, para ele de fato possa se recuperar. Especialistas do corpo dizem que só a recuperação de uma maratona leva cerca de 2 a 3 meses para acontecer.
Com um sorrizão fácil no rosto agradecemos muito por todo o apoio da família Baleias nesta nossa empreitada. Sentir todo o carinho de vocês é muito bacana! Em 2012 vamos novamente. Eu para competir. O Ricardo para torcer! Resolvi seguir o conselho do Miguel, nosso queridíssimo! Vou para empatar no 2 a 2 com o ele. Assim equilibramos a relação rsrsr! E também porque ficamos sabendo que existe a grande possibilidade da torcida Baleias estar in loco!   
Dificuldades de última hora nos tiraram da Convenção Internacional Baleias no Paraguai, embora com a inscrição feita e hotel reservado, mas esperamos que o reencontro com o Mundo Baleias seja o mais breve possível!

Abraço a todos.

Fernanda e Ricardo.

A confecção Baleias não estava preparada para as roupas específicas do Ironman, mas espero que para a edição de 2012 já possamos ter roupa Baleias para a especial prova. 

Contamos com a assessoria do casal Iron  para que possamos dar mais um passo na autossuficiência Baleias em termos roupa esportiva. Acho que somente a da natação que não será o caso, uma vez que pela nossa natureza já nascemos adequados ao meio aquático.

Agradeço ao casal todo o carinho e o parabenizo em nome do Mundo Baleias pela brilhante conquista aderindo ao desejo de que nosso reecontro seja muito breve. Esse casal é, inquestionavelmente, FPC!!!!

16 comentários:

DricaPeixoto disse...

Isso Miguel, fale para o Wu praticar altruísmo com vc. Seria lindo! :D

Beijo gigante!

DricaPeixoto disse...

Esse casal, que inspiração!

Gostei demais dessa história, fantástico!


Beijos.

Sergio disse...

dou os parabéns ao casal diretamente do núcleo Baleias-RJ he he! Só eles sabem o quanto se sacrificaram para chegar lá... muito bacana a história!
abraço,
Sergio

elis disse...

fernanda e ricardo, que relato incrível, que aventura espetacular!

já copiei em meu blog sua frase: Chegar não muda quase nada. Já o caminho muda tudo.

parabéns!
pelos treinos, pela superação, pela conquista!

fernanda, gostei de saber que você vai encarar o desafio mais uma vez em 2012!

mais uma vez, parabéns para os ironBaleias;)

bjs
http://elismc.blogspot.com

walter disse...

Parabéns ao casal, brilhante história, dedicação como essa só com muita determinação mesmo. Abraço a todos.

Meire/Baleias disse...

Baleias Fernanda e Ricardo.... Sabemos o quanto é difícil a preparação para uma prova de 42km, imagine um iron.... Mas tenho certeza que a sensação é indescritivel. Parabéns pela conquista.... Fernanda estaremos na torcida para 2012.

Bjks

Meire e Marcos/Baleias - BH/MG

GILMAR FARIAS disse...

Fernanda e Ricardo,
Ser BALEIAS jé é bom, mas ser IRONMAN BALEIAS deve ser espetacular.
Sonho de consumo para todos apaixonados por esporte, marido e mulher compartilhando as emoções do esporte.
Miguel, esse povo é muito bonito!
Sintam-se abraçados!
Gilmar

Carlos Henrique disse...

Estou descobrindo que sou meio parecido com nosso CEO / Baleia Mor, Miguel. A emoção que senti ao ler este relato foi algo diferente, bem Baleias mesmo...
Dizer que faço parte desta equipe sempre foi motivo de enorme orgulho, tanto que trouxe minha filha para se unir ao nosso maravilhoso grupo, mas após ler este relato, com esta fantástica demonstração de união e amizade entre este belo e determinado casal não encontro em meu dicionário um termo que demonstre o sentimento, a satisfação em dizer que SOU BALEIAS como FERNANDA e RICARDO!!!
PARABÉNS a vocês dois, não só pelo belo desafio esportivo, mas também pela coragem de enfrentar todas as adversidades da vida de pessoas normais em busca da realização de um sonho.

Ricardo Hoffmann disse...

Ao casal de ferro, nossas felicitações pelo feito magistral. Parabéns mesmo por enfrentar com alegria uma prova tão dura. Já sei pra quem recorrer para realizar esse sonho. Fernqanda e Xará, teremos mais baleias nisso, aguardem. Agora o macaquinho Baleias saí! Trabalho para nossa diretoria de moda. Miguel, você é reencarnação de Midas. Parabéns casal de ferro!

irmascordeiro disse...

Fantástico. Muito orgulhosa da minha Equipe. Abraços! Mariana Cordeiro - Baleias - Caruaru/PE

tutta disse...

Que garra, que determinação, que força de vontade e que coragem deste casal.
Parabéns Fernanda e Ricardo.
Como disse o Miguel, você são FPC... hehe
Abraço e sucesso aos dois.


tutta-BALEIAS/Pr
www.correndocorridas.blogspot.com

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
--ooO--(_)--Ooo--
Parabéns ao casal IM baleias que orgulho em Miguel ter esse casal em sua equipe, isso é sinal que os Baleias estão rompendo fronteiras parabéns amigo que DEUS continue te abençoando e te iluminando!!!

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

MARAYSE disse...

Tudo bem que eu sou meio xororô! Mas, puts! Me emocionei! :) Parabéns!!!

susi saito disse...

Pode comentar aqui mesmo, enquanto você não posta sobre a Maratona de Londrina? A-DO-REI conhecer vocês!!! Sempre será um prazer recebê-los aqui!

Fernanda Campos Costa disse...

Caros amigos Baleias e cada um,
Muito obrigada pelas palavras de carinho. Ficamos emocionados em reviver a prova lendo os comentários de vocês! Esperamos conhecer todos aqueles que ainda não encontramos pessoalmente em breve! E, claro, rever nossos companheiros de Caracas! Grande abraço do casal!

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Muito bom o relato!
Deu vontade de ir numa destas. Será que aceitam que eu nade os 3,8 km com umas bóias? rs
Parabéns