MAIS PÁGINAS BALEIAS!

domingo, 24 de julho de 2011

E O RIO DE JANEIRO, SUA MARATONA E O MUNDO BALEIAS CONTINUAM LINDOS, COM MARIANA CORDEIRO ENTÃO.....

Meu querido e estimado Mundo Baleias!!

O título do relato dá a medida de nossa alegria pelo final de semana. Rio de Janeiro, amigos, estreia Baleias de arrebentar, farra, descontração e quilômetros, muitos quilômetros.

Nosso final de semana começou na sexta quando alguns Baleias já estavam aproveitando o Rio de Janeiro.  No sábado outros Baleias rumaram por terra e ar para o epicentro da festa, o Aterro do Flamengo. E não haveria vulcão a impedir.
Iniciamos os registros fotográficos ao amanhecer tentando flagrar alguma bela imagem que homenageasse Gilmar Farias, da Acorja e do blog Foto Corrida. Na Equipe Baleias homenagear Gilmar é obsessão. 
Ligeira passada em Juiz de Fora para buscar equipamentos Baleias confeccionados por nossa Designer Kênia Terra. Aguardem novos lançamentos da moda Baleias. O top Baleias vem aí!! Caro Tutta, o conjunto do qual lhe falei é o que eu e Wu estamos vestindo
A vontade de chegar logo fez com que o lanche fosse feito sem paradas.
Wu continuava a fazer fotos artísticas da Serra de Petrópolis. A cada foto ele dizia: essa ficou incrível. A gente reparou!! E enquanto seguiamos para o Aterro para buscar o kit e encontrar com os amigos....
Nosso Japa mais incrível, Ênio Akio, de SP, conhecido como o que há de melhor na Equipe Baleias, dava provas de seu amor ao Manto Coral e o levava para passear de asa delta.
Baleias nos ares do Rio de Janeiro. Alegria indescritível. Ênio que já levara o Manto Coral a treinar no Japão, correr na Ultramaratona Two Oceans, agora proporcionava essa incrível aventura. O japa é louco. O Gordão tá fora de uma parada dessa!
Chegamos no local de buscar o kit e logo encontramos Marinês Melo e seu marido Edilson Queiroz, além de Alex Mota, sobrinho de Betinha, amiga Baleias de BH que experimentava a primeira vez uma viagem de avião. Nada mais Baleias do que proporcionar logo a quem se gosta a estreia no maravilhoso mundo das viagens aéreas.
Já na companhia de Ricardo Ramos, nosso Baleias do Recife, encontramos, para nossa alegria Denise Amaral, musa Baleias de 83 maratonas e Luiz Antônio, seu marido. Eu estava com meus dois filhos, Pedro e Marcelo, além de Juan, amigo.
A satisfação de encontrar Borges, amizade conquistada nas pistas do Desafio das 6 Maratonas Brasileiras, o primeiro, em 2009. Borges é pródigo em fotografar os amigos e livremente disponibilizar tais fotos na internet. No local do kit aguardamos Meire e seu bonitão chegarem, além de Tinil.  Encontramos também Ricardo Hoffmann, Fernandão e esposa, o Maratonista Alemão e sua simpática família,  Fábio Namiuti e sua esposa Janete entre outras insígnes figuras do mundo que corre.
Convidado pela organização Wu dava palestra tentando explicar como conseguia correr. Depois de muita conversa com muita gente fomos embora (eu queria ficar mais, porém, um  inusitado conluio entre meus amigos e meus filhos exigiram de mim o encerramento do footing).  Fomos almoçar em companhia de Flávio Maia e parte da troupe Baleias.
Moldando os dois lados da mesma moeda Baleias, família e corridas, fomos iniciar o cumprimento das promessas com o meninos. A proporção é 15 horas de corridas e 15 minutos de praia.
É possível observar que nada foi seguido tanto a risca. Criança Baleias começa cedo aprendendo a aproveitar muito mesmo que pouco.
Baleias chique. Tirando a areia do pé com água mineral. O carro de Wu tem que ser preservado.
Um pouco de sofrimento enobrece a alma e a água mineral não podia ser desperdiçada. Entregue as crianças aos cuidados de Martinha e Marcelo, primos do coração, rumamos para o jantar de massas. Drica e Sérgio, casal dos sonhos Baleias, fizeram a gentileza de buscar Mariana, Diego e Myrta em Copacabana e chegamos todos mais cedo no jantar.
E logo comecei a registrar o encontro com os amigos. Katryny, de Vitória no ES, que errou na estratégia e ficou de fora da maratona, correndo apenas os 21 kms, com Kadu, professor do infantil do Vitória Runner´s. O simpático pai de Katryny correu a maratona e eu tive a satisfação de encontrar com sua mãe no percurso. Essa menina precisa de orientação. É abençoada por Deus por ter pai e mãe que correm, mas casou com marido que não corre!! Vai entender?
A Turma do Desafio das 6 Maratonas. Hideaki e sua troupe. Meire é a representante Baleias no Desafio 2011. Tivemos Baleias em todos os desafios até hoje.
E o momento mais esperado da Maratona do Rio. A solene entrega do Manto Coral para Mariana Cordeiro, do blog Irmãs Cordeiro e seu marido Diego. O casal se juntou à intrépida troupe Baleias numa alegria arrebatadora. Mariana e Diego, de Caruaru, proporcionam a invasão Baleias no agreste pernambucano. Reparem Marinês Melo prestigiando os Jogos Mundiais Militares que também aconteciam no Rio de Janeiro. Pinguim e Myrta Doldan completam a foto. 
O Manto Coral personalizado de Mariana Cordeiro deu o que falar. Não se trata de discriminação mas de evolução e oportunidade. Na semana em que nossas conversas iniciaram, coincidentemente, fui à loja que faz o trabalho para outra tarefa e a minha mente Baleias pensou na gracinha.
A alegria Baleias pela chegada de Mariana está clara em nossos semblantes. E essa menina chegou arrebentando. Decidiu-se pelos 21 km também em Maurício de Nassau. É guerreira, é alegre, é simpática, é Baleias. E a timidez do Diego nós vamos acabando com ela a cada encontro.
E o casal é gentil demais. Trouxeram presentes para mim, Wu e Elis. Wu ficou repetindo o fim de semana todo: "eles deram presente para mim também." Wu ainda está nos primórdios da consiência de seu valor.
Em belo xadrez em que as peças são do folclore pernambucano.
A primeira peça da casa que ainda não tenho. O presente veio para Belo Horizonte no colo do Wu, para não correr riscos. O carinho conosco nos emocionou bastante. Como também emocionou o telefonema recebido  durante o jantar do Baleias Primaz do Paraná, Silvio de Londrina, desejando boa prova a todos. Fico doido.
Com Mariana e Diego já incorporados fizemos nosso registro com Myrta, Baleias para todo El Mercosur, organizadora da Maratona de Assunção, Meire com a camisa do Desafio das 6 Maratonas que agora é patrocinado pela Acrimet e o nosso novo xodó, o casal dos sonhos Drica e Sérgio. A gentileza dessa dupla é experimentada há muito pela Equipe Baleias. O jeito e a alma deles é muito Baleias. Quem me conhece sabe que já estou inquieto....
Encerrado o jantar, recolhemo-nos, aos costumes. Wu inovando novamente (é pleonasmo ou exagero linguístico Baleias?) sacou da mochila um lençol Baleias e posou de Wutankamon.

Enquanto Wu buscava entrar em alpha para atingir a concentração necessária para mais uma vitória na maratona Elis Carvalho nossa estimada Vice-Presidenta Baleias, amiga e conselheira. preparava-se para largar às 2 da manhã em Campinas para correr 6 horas.
E deu tudo mais do que certo. Elis levou o segundo lugar do geral feminino compondo o pódio que tinha como Estrela Maior, Priscila Ponce, amiga da Equipe Baleias e ultramaratonista de imenso valor. Enquanto a maioria da Equipe Baleias dormia, Elis levava o Manto Coral mais uma vez ao pódio.
 
 Na Barra, Mariana Cordeiro iluminava a concentração de largada dos 21 kms, prova que faria na companhia de Tamara, caçula Baleias e Fernandão que também estreiava com o Manto Coral e fez seu melhor tempo. Começamos já dando sorte ao amigo.
Jéssica, filha de Carlos Henrique que correria a Maratona, cerrava fileiras com Diego nos 6 kms lá no Aterro, onde deveríamos chegar após 42 kms de acúmulo de endorfinas.
E a turma da maratona seguia para o Pontal de Tim Maia, um local que os taxistas da cidade parecem não conhecer. Mas Miguelão que já corria sua quarta Maratona do Rio era um porto seguro e orientou o caminho. Encontramos com o Marathon Maniac Rodrigo Damasceno.
A festa dos amigos se iniciava.Wu perdeu dois pontos na carteira Baleias pelo short azul.
Com os amigos da Casa do Corredor de Belo Horizonte, local onde o mundo que corre vai e é cuidado por nosso amigo Vanderlei e sua Equipe. Betinha é amada tanto lá quanto na Equipe Baleias.
Matando saudades do nosso estimado Pernambuco. Baleias e Acorja.Na largada encontrei também com Mário (explico logo) primo de Guilherme Maio que esteve junto conosco, e também sua simpática esposa,  em Punta del Este 2010.
Largamos e logo fomos ultrapassados por Fábio Namiuti, a Lenda. Michel Vinac também passou por nós num largo sorriso. Ainda na Barra também Eduardo Sano do prestigiado e temático Runner´s Café nos ultrapassou com um simpático aceno. Lourenço Lana e Denise, amigos do coração, também passaram firmes em busca do Chão do Aterro.
Na Barra Carlos Henrique recebe o afago de Nenum na forma de um sorriso e uma foto.
O Japa voador.
Foto coreografada. O morro tinha que entrar no enquadramento.
Ênio fazendo arte e eu fazendo merda. Pela primeira vez em meus 12 anos de corridas, 27 maratonas e três ultras, fui convocado por Wanderley Cardoso. Não teve jeito, enquanto estive sentado, por todo o tempo,  por cada instante, cada segundo, lembrei-me de Daniela Kato. E ao me levantar e olhar para trás, porque todo gordo gosta de conferir a pujança do serviço, forçosa foi a recordação de Felipe Souto. A ala escatológica Baleias me acompanhou naqueles momentos mais profundos.

E sou obrigado a registrar por dever de justiça. No km 25, banheiro absolutamente limpo, novinho, zerado, com papel. Mas como nada é perfeito, faltava uma Contra-Relógio para tornar mais lúdico o momento.
Nosso querido Ricardo Ramos clicado pelas lentesdo casal dos sonhos Baleias Drica e Sérgio que depois de correr os 21 kms foi a praia de Copacabana fotografar os amigos. Essa dupla é Baleias demais da conta, sô!!
E Wu feliz da vida porque iria anotar mais uma vitória e faria crescer mais e mais a torcida a seu favor. Todo mundo me acha bacaninha, mas torce pro Wu. Se minha mãe estivesse viva iria ligar para cada um que diz não torcer por mim para tirar satisfação.
Ricardo Hoffmann, feliz da vida, ganhou de gente que não acaba mais. Vai ter que urrar para manter o título!
Carlos Henrique Maciel, segunda maratona e a felicidade por ter entrado nesse mundo. E com a filha Jéssica também correndo a felicidade não tem limite.
Perto daquela hora, em Campinas, nosso amigo Ivo Cantor era o representante Baleias na Meia Maratona daquela cidade. Ivo era também felicidade pura porque teve a companhia do genro nos 10 kms. Genro super inteligente, sabe dar alegria ao pai da noiva.

De volta a Copacabana eu descobria que o monstro que habita dentro de mim vive! Correndo desde a Volta da Pampulha de 2010 na companhia dos amigos e declamando em prosa e verso essa nova forma de correr bastou ver Ésio Cursino, o maratonista camarada, na minha frente para destruir toda a máscara de bom moço que até eu acreditava possuir. Tentei com Marinês que aumentassemos o ritmo para ultrapassá-lo e fazer a prova abaixo de 5 horas. Ela disse que não tinha condições e eu, aquele cara que achava que estava imune a essas coisinhas pequenas, fui embora atrás de Ésio e o sub 5 hs. Consegui, mas ainda não contabilizei, entre perdas e danos, o que tudo isso significará para mim.
Marinês, fazendo sucesso com seus modelitos a cada quilômetro, seguia alegre fazendo a sua corrida para chegar bem sem se ater a mesquinharias competitivas. Espírito mais aprimorado que o meu.
Ênio Akio que de tanto voar acabou quebrando e fazendo um dos piores tempos em maratonas.
E Marcos, o bonitão da Meire, estreiando na bela distância e doido para pegar um taxi desde o quilômetro 19. O grande amigo, de novo, na capa!
Mas Meire, esteio do amor nessa estreia, cobrava pelo menos o sorriso.
Só o amor constrói uma explicação para Meire ter perdido para tanta gente. E Marcos, que mais se assemelha a alguém numa crise de labirintite....
....segue puxado pelas mãos firmes de nossa mais rápida maratonista que teve seu dia. Meire, você vai matar esse cara!!!
Entre mortos e feridos salvaram-se todos. Jessica clica Wu em sua firme chegada.
Clica também o pai que também ganhou de muita gente. Extenuado e triste pela crise de identidade de corredor que me acometeu na prova, recebi o abraço de Tamara, caçula Baleias, que disse ter feito a prova na raça, no jeito Baleias. Jessíca aproveitou minha chegada para reclamar que seu Manto Coral não é personalizado. Adoro esse clima, demonstra o amor pelo Manto Coral.

Eu aguardei a chegada de Marcos e Meire que tiveram que retornar logo para o hotel e empreender viagem de volta a Belo Horizonte, após o que segui para o encontro com os amigos no local de costume nas provas do Aterro.
Baleias e Acorja, parceria das melhors no mundo das corridas. Na semana que vem tem Maurício de Nassau e Miguel e Wu visitando os amigos do coração.
Júlio Cordeiro, ícone do mundo que corre e conta tudo na internet. Uma família, duas belas equipes.
O registro para o blog Baleias da simpatia e beleza da filha de Ésio Cursino, maior ameaça atual aos corredores mais lentos. Ésio disse que buscará um a um e em 2012 será a vez de Júlio Cordeiro. De minha parte já anotei o estímulo aos treinos. Vou dar muito trabalho para me derrotar.
E o Maratonista Alemão visitando lugares onde o mal costuma também dar uma passeadinha.
Ênio explica para Wu: isso é uma máquina fotográfica, serve para eternizar momentos. Wu achou uma bobagem.
Miguel Delgado e seus 15 segundos de fama. Com Zeca Marques, da rádio Globo, entrada ao vivo na programação antes do jogo Brasil e Paraguay, quando Myrta Doldan e seus patrícios detonaram a geração de Neymar. O cara perguntou sobre a corrida e sobre o jogo. Não deu tempo de falar o que planejei há anos: "dedico esse título a mamãe que tantos sacrifícios fez para que eu chegasse aqui ao apogeu com o auxíio de vocês."
Tinil também em seus 15 segundos. Goiânia representada. Não sei o que ele disse porque no momento eu chorava copiosamente pela emoção vivida.

A turma de Recife foi se arrumar no hotel e depois assistir ao jogo num bar. Como eu, Wu, Ênio e Pinguim não tinhamos como tomar banho resolvemos não fazer o papel de maçã podre na caixa de maçãs boas e seguimos para outro canto na companhia de Tinil e Aléssio, o sergipano irado, que estavam limpinhos porque são rápidos na maratona.
Wu explica para Aléssio a estratégia de ganhar de Miguel Delgado, mais novo, mais rápido e mais bonito. Aléssio faz cara de inteligente fingindo entender o que Wu dizia naquele já avançado da hora.
Aqui os amigos fazem um pacto. Terei que dar alguns telefonemas para lembrar o que topamos. Wu também não sabe. Mas garantimos nossa palavra pois in vino veritas!
E no mesmo restaurante, mas de banho já tomado, Walter Leone e a simpática Maristela, corredora dos 21, amigos da Mata Mineira. O andarilho guerreiro vai a Assunção conosco num período de férias e com isso poderá ficar mais do que as 20 horas que normalmente fica nas cidades das maratonas. O calendário de Walter é ousado e consta o deserto do Atacama no Chile em janeiro de 2012. Convidou-nos, fiquei de pensar. Wu me mata!
E eis que José Dumont, ator brasileiro da melhor qualidade entra no restaurante. Baleias malucos por um artista de verdade. O registro foi inevitável e uma grande alegria pois o cara é muito gente boa. Conversamos sobre Narradores de Javé, um filme espetacular, onde a memória, o acesso às letras e a emoção são os temas de uma história contada com um carinho danado. Nada mais Baleias!
Com Wu já dormindo, o Brasil idiotamente desclassificado da Copa América, era hora de decretar o fim do expediente. Despedimo-nos do nosso querido japa Ênio Akio Yuhara, amigo do peito, e despedimos também de Aléssio, o irado sergipano, que também comprou um chip Tim para falar com Baleias e seguimos para o descanso dos justos.
Mas como encerrar o expediente é uma coisa muito difícil para nós ainda nos alegramos um pouco com minha sobrinha Laura, a jovem que mais conhece o mundo que eu conheço no mundo e seu companheiro Fábio, casal Baleias que já correu 6 km e 10 km, mas anda parado. Porém, uma hora tudo havia de terminar pois no dia seguinte tinhamos uma praia prometida aos filhos. Naquela hora os níveis de endorfina ainda transbordavam e nessas condições temos medo de nossa coragem!

O Rio de Janeiro será sempre uma cidade Baleias e o ano que vem quando Elis por lá morar então nossa presença será corriqueira ou, sob outra ótica, corrideira.

Celebro o mundo Baleias e o mundo que gosta da Equipe Baleias reafirmando nossa disposição de ser um ninho para quem gosta de correr, de sorrir, que acha tudo fácil, enxerga o copo sempre meio cheio e tem prazer e satisfação de levar o Manto Coral em todos os cantos do mundo, seja solitariamente, numa prova de 3 kms em Itabirinha de Mantena ou na Maratona de Londres ou Madri, ou com um bando de Baleias na Volta da Pampulha ou mesmo na São Silvestre.

Na semana que vem estaremos em Recife, na maratona Maurício de Nassau, quando não haverá refresco entre mim e Wu. Nosso clima será "ultimate fighting" e se ele vacilar morderei sua orelha.

Em 05 de agosto embarcaremos para Assunção, numa invasão Baleias, por terra e ar, de amizade, admiração e alegria jamais vista.

Abraço forte.

Miguel Delgado, feliz da vida, embora com problemas psicológicos por estar em dúvida sobre a natureza e tamanho da competitividade com a qual nutre sua alma de corredor.

27 comentários:

Mari Baleias Rce disse...

Aê Miguelão, relato ficou bacana, é impressionante como tu és observador, nos pequenos detalhes então, falo da vestimenta camuflada. Ei, liberte-se dessa culpa por me largar no final da corrida eu entendi,não posso de condenar por seres competitivo, também sou, não te segui por não ter mais pernas e fôlego viu? ABSOLVIDO. (martelo batido).....hehehehehehehe....
Adoro tu bestão, não será uma bobagem dessas que vai manchar nossa amizade que já se consolidou faz tempo.
xeiros.

elis disse...

é por essas e outras que eu sou APAIXONADA, arriada os quatro pneus por essa equipe liiiiiinda!

mariana e diego, é uma alegria imensa, tamanho Baleias, dividir as bênçãos do manto coral com um casal tão simpático, tão amigo!

a coragem de ênio me inspira!
mas temo que só bem guardada dentro de um avião eu levarei o amor pela nossa camisa a patamares tão elevados;)

marinês é fashion! estilo único! ela é a glória kalil do universo Baleias! vou contratá-la como personal stylist;)
caramba! vamos ter top Baleias?! vou ter que entrar no desafio de verão da Boa Forma o mais rápido possível! kkkkkkkkkkkkkkk

drica e sérgio são um amor!
que demonstração linda de carinho e amizade por nossa equipe!
Baleias avant la lettre;)

essa camisa personalizada Baleias tem me tirado o sono kkkkkkkkkkkkkk
mas eu entendo...
vontade de muitos...
glória de poucos... kkkkkkkkkkkk
;)

vou já ver o que tem no deserto do atacama no chile em janeiro de 2012! kkkkkkkkkkk fico só imaginando que é algum desafio tentador;)

miguel, você já sabe, né?! pode treinar, pode dizer que vai correr pra valer nos próximos desafios: MAS EU TORÇO É PELO WU!!! kkkkkkkk

parabéns pra todos vocês, que tiveram a honra e o prazer de ir correr na cidade maravilhosa!
fico feliz demais, orgulhosa demais, ao ver nosso manto coral envolvendo tantos sorrisos!

bom demais ser Baleias!!!!
vamos contagiar o mundo com nossa alegria, amor e disposição pra encarar desafios!

bjs
elis

http://elismc.blogspot.com

irmascordeiro disse...

Relato perfeito. Obrigada pelo batismo de honra. Aqui em Caruaru tá todo mundo querendo descobrir porque ser Baleias é tão fantástico. Vem campanha por aí. Tem gente com ciúmes e etc. kkkkk . Nos vemos na Mauricio em Recife, e a todos que~conheci. Um abraço Baleiês. Mariana

tutta disse...

Mais uma vez relato com característica de roteiro de filme de Hollywood. Parabéns Miguel.
Me sinto privilégiado por fazer parte de um grupo de amigos como os da equipe Baleias.
Parabéns a todos que participaram desta festa que foi a Maratona do Rio e desde já desejo boa sorte na Maratona Maurício de Nassau no próximo final de semana.

Abraço e nos vemos em Assunção se Deus assim nos permitir.

Valeu.


tutta
www.correndocorridas.blogspot.com

Thiago Melo disse...

Grande Miguel,
Infelizmente não nos encontramos ainda...corri essa prova também, mas foi na meia. Tomara que vcs participem da maratona do rio ano que vêm, pois estou me preparando para estrear nessa oportunidade...já recebi até uma planilha do Fabio Namiuti para me inspirar. Belo relato mais uma vez...falta um pouco de enfase na culinaria apreciada em suas comemoração..mas tudo bem!!!
Abraço,
Thiago Melo
http://corredoraprendiz.blogspot.com/

Ricardo Hoffmann disse...

Primoroso relato, como sempre, gordão de estimação. Muito bom ver a equipe crescer, com gente boa de Caruaru. Sertanejos fortes, como diria Euclides da Cunha. Satisfação rever tantos amigos, Baleias juntos ou separados, sempre é festa. Torço para Wu e agora também por Ésio, chegou muito perto o Dr. Nos aguarde gordão, já temos a estratégia para te detonar em Londrina. Leva rapadura de Recife, para adocicar nossa vitória e tirar o gosto amargo de mais uma derrota. Vai pra cima dele Wu!!

walter disse...

Miguel, mais um belo e completo relato. A equipe baleias, dirigida como é, por tão apaixonado CEO certamente alcançará o mundo rapidamente, esse é o caminho natural de quem faz as coisas com amor e dedicação, Deus enxerga, e como enxerga. Abraço.

irmascordeiro disse...

Miguel,

que festa! Aliás Baleias é FESTA!
Estou contando as horas para ver vocês todos em Recife na Maratona Maurício de Nassau.
Beijos
Mônica Cordeiro

Corredora Pernambucana disse...

Miguel imagino que todo encontro desse grupo é só festaa!!!
Minha amiga não poderia está em um grupo melhor!!!!
Linda FESTA BALEIAS!!!
bjãooooooo

DricaPeixoto disse...

Fazer gentilezas para um grupo tão querido não é esforço algum, é uma satisfação enorme. A alegria de vocês contagia. Gentileza gera gentileza!

Foi emocionante ver os maratonistas Baleias passando, um por um. Sergio me avisava e eu ajustava o zoom, parceria até nas fotos para os amigos Baleias.
Foi bom estarmos ali fotografando e torcendo, fez com que sentíssemos o gostinho do que nos espera em 2012 .. nossa 1 Maratona.

Bonitão da Meire, já se recuperou da Maratone e começou com o desafio do "glúteo"?? hahahaha
Na próxima ela já prometeu que vai acelerar e acabar com a festa de um monte de marmanjo. Eles estão por aí cantando vitória, dizendo que ganharam dela e coisa e tal. Ela vai correr feito uma fera!

Meire, você foi mais do que uma companheira para o seu bonitão, você foi uma guerreira e brigou por cada segundo ao lado dele. Lindo demais! Não desistir, encarar a quebra com a cabeça erguida e apoiar em todos os momentos. Posso te garantir que são poucos os que conseguiriam agir dessa maneira. Boto fé nesse casal! Ó, tá faltando muito pouco para aceitarmos seu convite ;)

Para todos os integrantes da equipe dos sonhos, um beijo gigante do casal dos sonhos.

"Sonho que se sonha só.
É só um sonho que se sonha só.
Mas sonho que se sonha junto é realidade." ;)
Prelúdio - Raul Seixas

Marcos Bonitão da Meire disse...

Amigos Baleias, eu amo corre atrás desta mulher, vou morrer feliz...
Conforme disse meu Guru "WU" ( para quem torço de verdade, lógico depois da Meire), "você completou já é maratonista".Hahahahaaaa... Então eu sou... Ele é um sábio.
Drica o projeto continua firme, muito obrigado por entregar as provas da minha saga em mãos tão perigosas como as de Miguel.Na Pampulha acertamos !!!!
Até a próxima....

DricaPeixoto disse...

Marcos, eu não tinha seu email, só me restou encaminhar tão belas imagens para o Miguel. Eu não sabia que ele te pregaria tal peça.
Não brigue comigo, lembre que te defendi na Meia da Ponte esclarecendo que vc não foi o último colocado do time masculino.

Marcos Bonitão da Meire disse...

O.K Drica.... Mas o Miguel... bom, cuidado Drica...
Abrs

Fábio Namiuti disse...

Fantástico, até mais do que o de costume, o relato da prova no Rio, caro amigo Miguel. Satisfação em revê-lo, em conferir in loco o quanto seu grupo cresce em quantidade, qualidade e alegria. E, sobretudo, em poder correr por alguns instantes ao seu lado e de Marinês, tendo esse momento registrado pelo conterrâneo Ênio. Tomei a liberdade de surrupiar a foto e exibi-la, com grande orgulho, em meu álbum da prova e perfis nas redes sociais. É mais um dos meus "troféus" obtido nas corridas.

Um forte abraço e uma ótima prova a todos os integrantes da trupe Baleias no Recife.

Dani disse...

Miguel, meu amado mestre!!!

Lembrar de mim fazendo o número 2 foi demais...rs.

Sensacional e engraçadíssimo o seu relato e mais uma vez afirmo que sou extremamente feliz em fazer parte de uma equipe tão amada.

Ter a presença de todos ou pelo menos a maioria na minha estreia nos 42 km será mais do que gratificante. Só espero não me emocionar muito, afinal de contas tb sou muito chorona...rs.

Bjos,
Dani
correndoemagrecendo.blogspot.com

Meire/Baleias disse...

Drica querida... Esse "bonitão"pegou no seu pé.kkkk
É só brincadeira, mas cuidado com essa turma... é da pesada literalmente. Soube do Miguelito as novidades em relação ao casal simpatia e estou amando a notícia... Quanto a pampulha será uma enorme prazer correr ao lado de vocês. Prometo que será uma corrida deliciosa e muito alegre bem estilo baleias de ser... Aguardo notícias da inscrição feita.

Bjks

Meire/Baleias - BH/MG

Carlos Henrique disse...

Mais um relato digno desta bela equipe!!!
E não apenas o Miguel capricha nos relatos, como a turma cuida com primor dos detalhes. Notem as unhas e o cadarço do tênis de nossa estreante. Parece que até o vendedor de biscoito Globo na praia resolveu aderir à indumentária Baleias...rsrs. Mas não faltam os indisciplinados, quem diria logo o Wu... de calção azul, até os bonecos do xadrez nordestino estão de calção preto...
Sobre as performances individuais percebi que é quase impossível correr totalmente despretensioso em relação a um ou outro colega Baleia, meu projeto, e grande desejo, era correr ao lado de nosso CEO, mas aos poucos fui me distanciando...distanciando... (mas no final quase alcançado, graças à sua disputa com o Esio).
Coisa linda de se ver foi o companheirismo de nossa ligeirinha Meire com o Marcos.
Mas para mim, reforçando o que já foi dito por vários, nada melhor do que ter a filha correndo e ainda sabendo que ela estará na chegada dando aquela força necessária para um sprint final, que desta vez aconteceu e com sobra.
Para finalizar, pois já virou outro relato, um toque do amigo Psicólogo, não fique sofrendo com esta dúvida que lhe atormenta. Continue correndo e colhendo AMIGOS e seja feliz!!!
Abraços do ex-Baleia piaba, agora BALEIA MARATONISTA.
Carlos Henrique

Evandro Cardoso (Alemão) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Evandro Cardoso (Alemão) disse...

Amigo Miguel
Parabéns pelo relato tão especial que fez da Maratona do Rio e dos bastidores. Muito bom ver você com os filhos:Pedro e Marcelo "Não basta ser pai, tem que participar".Estamos aguardando você aqui em Recife. O que precisar de nosso apoio estamos a disposição.Seria ótimo que pudéssemos nos encontrar ACORJA E BALEIAS no sábado para desfrutarmos de sua companhia e de Wu.Grande abraço
Evandro Alemão

Carlos Carvalho disse...

Ilustre Miguel Delgado

Não nos conhecemos, porém quero lhe agradecer, pois você é o responsável pela minha estréia no mundo das corridas. Comecei a correr em jan/10 na cidade de SP. Seus relatos me servem como motivação, pois existe alegria e pureza. Torço por vocês Miguel e Wu.

Obrigado!
Carlos Carvalho

Mayumi disse...

Aaaaaiii, o Marcelinho foi e vc nem me avisou!!! Kkkkk.
Aff, que festa! Onde passam os Baleias tem festa! Ainda este ano, quero participar de algumas, viu? Rs. Até mais! Parabéns pelas provas e pelas comilanças! Como diz a minha nutricionista: "Eu vou fingir que não vi!". Kkkk.

Ivo Cantor corre e conta disse...

Sensacionais o relato, as fotos, a verve do autor. Por que Wu está sob aquela placa desairosa, ao proferir a palestra?
Agradeço a publicação de minha foto.
Percebe-se que foi um domingo feliz para todos. Quanto a mim, diverti-me nos 21 e botei o genro prá correr. Fiz bem?

BMW disse...

SENSACIONAL! Ler seu relato é garantia de diversão meu amigo Miguel. Muito bom te rever, mesmo que rapidamente lá no começo dos trabalhos. Sai forte, como já te disse, e contava com a ajuda dos amigos na cobertura para me rebocar caso quebrasse. Sempre é bom contar com os amigos né. Acho que começo esse bar no Aterro rs... belo local de concentração, passo numa próxima por lá ! Abrx e boa Nassau.
Michel - Vinac
http://bmw-runner.blogspot.com

tutta disse...

Olá Miguel, olha eu aqui denovo. hehe
No comentário anterior eu havia esquecido de comentar sobre o agasalho Baleias.
Pô, achei magnífico.
Se tiver algum pronto aí e você puder levar pra Assunção pode levar. Não prometo te pagar na hora, mas prometo fazer um depósito (desde que seja parcelado, é claro, rsrs) independentemente do preço, ok?

Abraço.


tutta
www.correndocorridas.blogspot.com

Katryny disse...

SENSACIONAL MIGUEL!!!!
kkkkkkkk, tô rindo até agora... professor do infantil????? kkkkkkk, ele ficou louco quando você chamou ele de professor meio... não fala outra coisa, diz que vai correr maratonas agora kkkkkkk
Vc's são sensacionais!!!
Grande abraço para toda essa turma e boa prova!!!

Felipe de Souto disse...

Miguelito, já li esse post 2 vezes, e sempre morro de rir!
Preciso confessar que o que mais gosto é quando você trata da sua relação com o Wu...é muito divertido! E explica bastante porque a maioria torçe pelo Wu! Eu, claro, sou imparcial, apenas curto tudo e todos! A foto do Wu estilo Wutankamon valeu pelo ano todo!!
parabéns pela prova em terra carioca, linda a festa com os amigos, apesar de mais uma derrota para o Wu!
Forte abraço Miguelito!

Felipe

Felipe de Souto disse...

Já ia esquecendo da honrosa menção a minha pessoa! Fico feliz por ter lembrado deste humilde servo catarinense, ainda que em momento tão íntimo! Eu sinceramente não consigo aceitar a ideia de sentir vontade de cagar no meio de uma prova...já disse isso inúmeras vezes para a Dani, campeã neste quesito...recomendei sempre a ela que procurasse ajuda médica, porque isso não pode ser normal! De todo modo, percebo ligeira evolução no quesito “escatológico”! Você até escreveu “merda” neste Post!
Fico a cada dia mais apaixonado por essa equipe!
Valeu Miguelito!