terça-feira, 14 de maio de 2013

MARATONA DE SANTIAGO 2013 - As Grandes Aventuras BALEIAS voltaram!!!

Abril de 2013; atendendo a uma solicitação da Equipe Baleias sediada em Cascavel, grandes representantes do Mundo Baleias foram para Santiago no Chile correr alguma das provas no programa da Maratona.

Sem surpresas; fomos novamente muito felizes!
Amantíssimo Mundo que não abandonou uma visitinha a esse blog que celebra as corridas e as viagens e tudo o mais que circula ou permeia esses dois elementos da vida Baleias, muito obrigado pelo carinho.

Estamos de volta sem ter, na verdade, jamais ido! 

Juro que vou tentar dar seguimento às narrativas Baleias, porém, não posso mesmo prometer, posto que vivo, neste momento iniciado há oito meses, uma vida alegremente preenchida. Ouso dizer, sem receio de errar e/ou flertar com o exagero, muito pelo contrário, que ter a companhia de Elaine é caminhar o bom caminho, é experimentar carinhos e gentilezas singelas que parecem reservadas a poucos, é imaginar viver o limite e surpreender-se com a facilidade com que ele é deixado a perder de vista. É tudo muito melhor que a melhor das expectativas. 

E é claro, sempre sobra para alguém. Não poderia sobrar para meus filhos e meu pai, não poderia sobrar para a profissão que provê loucuras e exageros, sobrou então para o Blog e para a TIM que já não me escuta conforme antigamente.
Depois de sermos vítimas da TAM que nos ferrou com a alteração do voo e nos tirou toda a quinta-feira de passeios em Santiago, seguimos juntos eu, Elaine e meus dois filhos Pedro, que estreiaria nas meias maratonas e Marcelo, corredores Baleias para minha alegria. Por causa da TAM seguimos separados de todos os demais amigos e amigas Baleias que rumaram para o Chile. 

Não fosse estar com Elaine e meus filhos não sei se suportaria viajar longe de Wu, depois de tantos trechos e voos juntos. Isso não ficará assim TAM, creia-me.
No voo encontramos com Baggetti, um dos comandantes da Acorja do Recife. Encontrar com os amigos da Acorja pelas maratonas do mundo faz parte da festa Baleias. A saudade de Gilmar Farias e Júlio Cordeiro nos faz sonhar sempre com esses encontros.
Um sonho de viagem Baleias. Torço para ter sempre essas companhias comigo. Miguelão administrando...
As cordilheiras que não vimos pois nosso voo foi todo à noite. Tá me devendo TAM!
Já em Santiago, na manhã de sexta, no aguardo das vans para o passeio a Valparaíso e Viña del Mar, as meninas Baleias com o sorriso que nos faz a todos mais felizes.
Duas vans lotadas. E ainda tinha rodando pelo Chile todo o pessoal de Cascavel, Felipe Souto e família e Átila de Belo Horizonte que passeava com sua mãe, também Baleias.Ninguém entendia a braveza da Zilda.
Um passeio na vinícola. Wilma e Amore, as meninas que não precisam descansar em barrís para estarem sempre melhores.
O carinho Baleias demonstrado de diversas formas. Meire, a do Carlos Magno, arrebentou.
Pompéu, Contagem, Santiago, Valparaíso... não há limites para a classe Baleias!!
Esse Mundo Baleias é chique e tem estilo! Wilma, E-Zilda, Meire, Zilda, Dani Alvarenga e Amore. No meio de tudo Miguelão.
Momentos que o Mundo Baleias proporciona como poucos!
A vinícola parou para nos receber e o Japonês não economizou na preparação das fotos!
A visita a La Sebastiana, uma das três casas de Pablo Neruda. Um dos bons momentos da visita ao Chile.
É preciso de tempo para desfrutar desse cenário. Com pressa não há poesia que dê conta da avalanche Baleias!
 
Noutro momento da poesia E-Zilda derrete-se de amor por Waldi. O Mundo Baleias inspira, alimenta e vive do Amor.
Certo que Waldi também merece, mas se parece demais com o que meu coração diz todo o tempo para Elaine.
No relógio de Viña del Mar. Nosostros com um simpático casal de corredores do Mato Grosso que estava no mesmo hotel e que nos acompanhou no passeio.
No almoço em Viña del Mar, frutos do idem, claro.
Marcelinho não se deu bem com a Paella Marinha. Eu também não. Se não foi uma boa experiência para o paladar, foi uma sensacional experiência gastronômica que me levou a descobrir que Paella chilena é bem diferente da Paella espanhola e que não gosto. Carlos Magno deitou e rolou pois acertou no pedido e ficou se divertindo com a dificuldade dos outros. Muito imaturo!
Meus filhos com os pés no oceano Pacífico. Um momento muito especial. É muito boa a sensação de proporcionar momentos agradáveis e divertidos aos filhos. Wilma Maia foi quem proporcionou a eternização desse momento.
Na noite de sexta os heróis da resistência Baleias ainda sairam para um passeio. Depois que encontramos Dani Sanderson e o seu Chico a alegria superou todos os recordes. Essa moça é especial e esse Chico é um barato também. Unimo-nos para comemorar o aniversário de Sheyla do RJ, que também surgia naquela hora.
O outro lado da mesa que tinha Álvaro que havia se juntado ao pessoal de Cascavel para o passeio a Valparaíso. Rola muito ciúme nesse Mundo Baleias!
O brinde à aniversariante Sheyla que nos honrou com a companhia nesse momento tão especial. Comemorar o aniversário em companhia Baleias é formidável. Se for depois da prova então...
Saindo para a Feira da Maratona na Estação Mapocho. Na foto o destaque vai para D. Vera Tonelo, estrela maior do Mundo Baleias que é uma simpatia. Andreia finalmente apareceu. A onça estava sumida.
No café Haiti. Em primeiro plano nosso amigo Carlos Bento cuja companhia muito nos orgulha.
Baleias tomando conta das ruas de Santiago. A minha satisfação de ver essa gente toda andando junto é indescritível. Com meus filhos juntos, então, sequer me arrisco a tentar dizer. Nossa que mulher linda aí no meio.
Em alguns momentos a rua parecia pequena para a multidão Baleias.
Pablo reconheceu Daniele, perguntou por Belinha e não saiu mais de nossa presença. Dudu, meu amigo de Cascavel, juntara-se a nós para completar a alegria desde a manhã.
Aliás, super contagiante e inspiradora a presença de Pablo.
Todo mundo quis.
A alegria e segurança do cão ao reconhecer Álvaro, que não come animais. Depois todos foram buscar sua carteirinha de "Amigos dos Caribineiros del Chile" equivalente à nossa carteira de "amigos da Polícia Militar"
Numa prova de como o Mundo das Corridas é pequeno, encontramos com Hermes, heróico maratonista, também identificado como um lorde inglês no Olimpo, da Equipe Chão do Aterro, do Rio de Janeiro, no centro de Santiago. Uma satisfação o encontro registrado para a coluna. Claro que perguntei notícias de Lourenço Lana e Denise.
Chegada à Feira da Maratona. Uma beleza de vista.
Prestigiando sempre os corredores que tem algo a dizer.
A alegria de Sheyla experimentando mais uma vez o viver conosco Baleias. Uma bela Feira de Maratona. Muitas canetinhas de brinde, gatorade barato e em diversos tamanhos, macarrão, fotografia, tudo uma beleza.
Baleias com a família Rampazzo de Campinas.
Os 100% uniformizados. É bom demais!
Novamente as lindas meninas Baleias que sempre merecem ser capa deste Blog.
Essa é uma fotinha escaneada. Cada um teve a sua. Festa total, o tempo todo com sorriso no rosto. Esse é o pace Baleias.
Almoço de massas porque o Mundo Baleias é chegado num trem dado. Alguém se lembra da D. Delza e o Omo?
Macarrão sem molho, como na música infantil. Não deu tempo de pedir abobrinha com ricota!
O feliz encontro com Juan Gonçalo Rubilar, com quem corri um trecho da Maratona de Santiago em 2010. Também gosto da sensação de que deixei amigos por onde passei. 
Baleias adoram um mascote. Tá no sangue. Somos assim.
Carlos Magno sem entender porque a campanha contra ele.
O retorno de Pablo que havia sido barrado na Expo Mapocho.
Marcelinho e a Estátua na movimentada praça de Santiago...
...que também recebeu esse simpático casal Baleias.
Almoço para complementar o macarrão da Feira da Maratona.
Os exagerados dando comida a Pablo na boca. Algo me diz que o Mundo Baleias vai chorar na Maratona de Seul. Eu e Wu vamos experimentar.
A caminho do funicular. Momentos Baleias na TV de Santiago. Até no metrô os paparazzi nos filmavam.
Elas, as lindas meninas Baleias.
Fila no funicular. O trenzinho é bom mas o nome é danado de feio. Parece inflamação. No destaque Shirlei, amiga de Carlos Bento e que ficou nossa amiga também. Ela tirou um montão de fotos com sua super possante máquina mas que ninguém nunca viu.
Baleias com "ticket to ride", nada de pipoca!
Toledo não abre mão de ir na frente, na janela. O Mundo Baleias se infantiliza ao passear.
O grande Japa e a Virgem. Estive pensando sobre as nossas últimas tentativas, talvez tenhamos que optar por algo mais profissional.
Um turista venezuelano que quis tirar uma foto conosco. A identificação é um fenômeno mundial.
Zilda pedindo aos céus que Wu melhore como pessoa. Colocou pouca vela, querida.
Sheyla com "La Chascona" ao fundo. Perdemos, por uns 15 minutos, a oportunidade de visitar mais uma das casas de Pablo Neruda. Vou ter que voltar ao Chile.
Amore com Neruda. Os dois sabem, como poucos, conferir poesia à vida de seus parceiros.
Ainda Sheyla abrilhantando Santiago, a Equipe Baleias e o blog.
Os encontros pelo mundo com os amigos de Recife. O famoso Frade que nos honra com sua presença nas fotos do blog Baleias.
Wu e o amigo pernambucano conhecido na Maratona de Paris em 2007. Aquela viagem que eu e a Zilda ficamos de fora e ainda é tabu no nosso relacionamento.
Um belo casal que nos daria muito gosto se vingasse. Está nas mãos de Deus.
Marcelinho e seu amigo meio diferente.
À noite, um belo jantar de massas no restaurante escolhido pela Dani Alvarenga. Muitos Baleias e mais uma vez deu muito certo. À esquerda, em primeiro plano, Átila e D. Dorinha, de Belo Horizonte, um dos muitos casos de filho e mãe Baleias para nosso orgulho e admiração.
Nosso amigo do Desafio das 6 Maratonas de 2009. Aquele Desafio, promovido e realizado por Maurício Bertuzzi, ultramaratonista de São José-SC, transformou corredores do Brasil todo em amigos para sempre.
Uma beleza a vista da mesa Baleias na noite de Santiago.
A turma que toma vinho na véspera da prova. Povo forte e heróico.
Eu adoro o Wu, mas dormir e acordar ao lado da Elaine na véspera de uma maratona é muito mais legal e motivante.
Apronto Baleias na porta do hotel.
O pace Baleias.
Caminhando para a largada. Mais um desfile Baleias.
Mais uma foto, agora com Mateus Tonello e Carol Xaveirinho. Wu olhava não sei o que.
Com um amigo corredor peruano e também Juan Gonçalo Rubilar que à tarde, ao final da meia maratona, embarcaria para o Brasil, para passear no Rio de Janeiro. Mandou bem o garoto chileno.
Nós quatro super alegres antes da largada sem ainda perceber que havíamos entrado na baia errada, dos 10 kms, que largaria somente depois. Custamos a romper o escudo humano. Toledo, que ficou um pouco para trás teve mais dificuldade ainda para abrir passagem entre os corredores de 10 kms. Chegou mesmo a ser meio maltratado.

Foi uma ótima corrida. Tempo bom, abastecimento perfeito, firme no próposito de fazer a prova abaixo de 4h e 20m para largar em local melhor na Comrades. A ideia de abaixo de 4 horas havia ficado inviável pelos insucesso nos treinamentos e o sucesso nas farras nesse início de ano.

Corri para o objetivo até perceber, no km 35, que não dava mais. Aí diminui drasticamente o ritmo pois nem aguentava mais, caminhei um pouco e segui mais tranquilo para completar quatro minutos depois do Wu. Tentei muito ganhar dele, mas mais uma vez não deu. Porém 4 minutos me deixa muita esperança para o resto do ano.
A turma da meia maratona foi chegando. Elaine, a primeira das meninas Baleias. Sucesso total.
Wilma Maia em mais uma meia maratona e a promessa de estreiar na bela distância em 2014. Pense em Roma, querida. Tem um movimento começando nesse sentido. O resto da turma da meia maratona não tenho foto.
Álvaro, o mais rápido Baleias nos 42 kms. provando que um bom churrasco não faz qualquer falta quando o assunto é correr.
Átila Calonge, chegando cheio de estilo.
Dessa criança já não se pode falar o mesmo. Pensei que poderia ganhar do Zé Maia. Caí do cavalo.
Wu com as meias de mulher! Barreiras e esteriótipos sendo deixados de lado. O próximo passo será o creme hidratante.
Enquanto isso Ênio, o Japa, conhecido também como o melhor que existe no Mundo Baleias e Ismael Never passeavam pela maratona de Santiago deixando todo mundo preocupado. Fotos e mais fotos durante o percurso.

Deu tempo até de fazer amizade.
Buscavam fotos interessantes, olhavam as montanhas.
Os Baleias mais inteiros ficaram preocupados e foram buscá-los.
E ganharam mais companhia para cruzar a linha de chegada.
A turma dos 42 quilômetros, sempre orgulhosa do feito.
A turma que tem nos 42 kms um meta, um sonho, um desejo. Tamo junto!
Em busca de um local para a confraternização Baleias do pós prova. Um dos momentos mais felizes e esperados do Mundo das Corridas. Rumo ao Pátio Belavista.
Ligeiro abatimento normal entre os que deram todo o seu suor para cruzar a linha de chegada. Luiz, ao lado de Chico, nos acompanhou nessa viagem e espero que continue a andar conosco. A "Boate Azul" nos espera, sempre.
As enormes mesas Baleias.
Vários ângulos. Nessa mesa a turma de Cascavel propôs a Maratona de Lima para 2014 e todos aceitaram.
Meninos Baleias, Japa, Álvaro e Toledo.
A felicidade do casal é contagiante.
Avançando pela night as fantasias se alteram. Uma parte sucumbiu ao horário e outra seguiu recusando sempre a ir embora.
O amor Baleias.
Ainda no pré-inferninho. Essa turma é boa demais e estará toda em Berlim, Munique, Bruxelas, Paris e Lisboa. Além de, antes, em Assunção, é claro, quando teremos a comemoração dos meus 50 anos e de um ano de felicidade ao lado de Elaine, tudo na sexta-feira, no bar em frente ao hotel Chaco. Tremei Assunção!
Na segunda-feira, hora de ir embora. Festinha final no apto de E-Zilda e Waldeci.
Álvaro e a mochila que levou para Santiago. Esse cara tem que ter repetido roupas.
A despedida do hotel Serrano, um bom lugar para se ficar em Santiago.
A TV de Santiago ainda atrás da gente.

A despedida no aeroporto de Santiago. O fim dos pesos chilenos. Já era mesmo hora de ir para casa. Voaríamos até Assunção, depois São Paulo e finalmente Belo Horizonte. Não esqueci de você não, TAM, me aguarde.
Em outro local da cidade a festa continuava. Ênio, E-Zilda, Waldeci, Maia e Wilma, aproveitaram mais um pouco de Santiago.

O passeio todo foi muito bom. Andar com essa turma enorme é sempre muito gratificante. Espero que tenhamos muitas alegrias ainda em 2013 e também em 2014 no que já está marcado e nas ideias que vão se estabelecendo.

Dia 30 de maio eu, Wu e Tinil vamos para a África do Sul enfrentar a Comrades. Eu e Wu para o sonhado back to back e Tinil estreiando no desafio cujo tamanho será definido no futuro, somente uma, back to back ou quem sabe o primeiro Green Number Baleias? O tempo dirá.

É isso meus amigos. Uma excelente farra aconteceu em Santiago. Em 2014 acontecerá em Lima onde o evento da Maratona conta também com meia maratona e corrida de 10 kms possibilitando que todos possam correr. Comecem a guardar, mensalmente, desde já, entre 70 e 100 reais numa poupança que já ajuda a enfrentar a viagem em abril ou maio do ano que vem.

Peço escusas aos amigos pelas omissões no relato mas é que muitos não se apresentam para as fotos e/ou não as mandam para o editor no período de preparo do relato. E olhe que esse período tem sido cada vez mais extenso.

Esse relato contou com as fotos de minha máquina, das máquinas do Ênio Japonês, claro, Wilma Maia, Carlos Magno, Elaine, E-Zilda, Sheyla e Daniele Alvarenga, aos quais agradeço o carinho e apoio ao blog Baleias.

Grande abraço a todos. 

Miguel Delgado.

10 comentários:

Sheyla Santana disse...

Orgulho de ser Baleias.
Com essa galera a aventura é garantida. Grata pelo carinho Miguel!!!!
Beijo no coração de todos...Até a próxima, que infelizmente não vai ser Assunção pois marcaram compromisso de trabalho na data do grande evento.

claudio dundes disse...

A viagem foi sensacional. Parabéns a todos, principalmente ao Neto e ao Japa que que se divertiram as tantas!!!!!
Abraço saudoso de Claudio Dundes

Carlos Magno da Silva Guerra disse...

Viajar pela "Baleias Trip" é sinônimo de muita diversão. Os relatos são sempre ótimos e nos faz recordar o quanto esta turma baleias é sensacional. Valeu amigos, especialmente à minha querida Wilma que com garra venceu a sua primeira meia.Agradecer ao Miguel é redundância. rsrs

tutta disse...

Grande festa Baleias em Santiago.
E eu só fiquei na vontade. rsrs

Parabéns a todos.


tutta/Baleias-PR
www.correndocorridas.blogspot.com.br

CARLOS BENTO disse...

FOI ÓTIMO PARTICIPAR DESTA MARATONA COM ESTE GRUPO ESPETACULAR! ESPERO ESTAR EM LIMA, JUNTO E MISTURADO.

Roberto Encarnação (Bikeselva) disse...

Com uma galera boa desta, enfrentar os 42 fica muito mais fácil
Parabéns!

Silvio disse...

Grande Miguel Delgado.
Meu amigo: a sua felicidade me deixa feliz.
Abraço sincero e fraternal.

Ezilda disse...

Como sempre estar com os Baleias é puro prazer. Ler os relatos relembrar todos estes momentos maravilhosos é prá lá de bom. A cada viagem nossos momentos ficam melhores.Sou muito feliz por pertencer a família Baleias.
Até a próxima amigos !!

WALDECI disse...

Parabéns pelo resumo das nossas aventuras, curtir o blog BALEIAS pelas lentes do Miguel é o maior barato.
Abração à todos.


Ivo Cantor corre e conta disse...

Só de pertencer à família Baleias já me dou por satisfeito. Em breve, reúno-me ao grupo, disputando alguma prova. Falta só um pouquinho pra eu ficar bem bão, mas bem bão mesmo. Parabéns a todos os concluintes destas provas, parabéns pela alegria contagiante, pela equipe coesa e triunfante. Um abraço a todos e todas!