MAIS PÁGINAS BALEIAS!

domingo, 16 de janeiro de 2011

SÃO SILVESTRE 2010 - BALEIAS NO ANO QUE SE RECUSOU A TERMINAR!!!

Querido Universo Baleias!

Atrasadíssimo, mas por motívos justos, férias com os filhos (embora não seja tudo tão verdade assim), trago a vocês os incríveis momentos vividos na São Silvestre 2010, último dia de um ano que de tão bom e interessante pareceu não encerrar!

Mas 2011 que poderia iniciar em grande desvantagem pela inevitável comparação começou de forma brilhante, na companhia das amigas corredoras e seus fantásticos maridos.

A história da São Silvestre no seio da Equipe Baleias começou muito antes do dia 31 mas tudo já foi relatado à exaustão e não há motivo para repetir. Por isso inicio no dia 30.12.2010, quando Elis Carvalho, orgulho Baleias, ultramaratonista do blog Diário de uma Corredora foi buscar o kit para mim porque eu não conseguiria chegar antes do dia para prova.
Elis, como pedi, devolveu a medalha para a organização no exato momento que retirou o kit. Como eu já havia dito, com regras claras, antes da inscrição, decido o que aceito e o que ultrapassa meus limites pessoais de "goela abaixo", mas medalha antes está completamente fora de todos os meus limites nessa divertida brincadeira de correr.
A foto acima mostra o protesto mais meigo que já fiz em minha vida.
No dia 31 cheguei a São Paulo peguei o Ênio-SP numa estação de metrô e fui direto para o almoço da Mayumi, japonesinha que dispensa maiores apresentações. Lá estavam vários amigos e para minha alegria conheci a Dani, do blog Correndo e Encantando, de Curitiba, uma pessoa maravilhosa e seu marido Vinicius.

Lá estava também Tamara, a caçula Baleias, loirinha na foto, um doce de amiga que vai nos dar muitas alegrias pela firmeza de suas decisões. Saiu do sofá esse ano, como ela mesmo disse, e já correu Pampulha. Veio para a SS e fará Meia Maratona em 2011 e em 2012 está decidida a estreiar nas maratonas. Apreciamos demais quando a data da maratona já está marcada.

Encontrei Dona D., do blog No Mundo das Lulus, Baleia que ainda não tido a satisfação de conhecer pessoalmente e seu simpático e eficiente marido Fábio. Conheci pessoalmente Rinaldo, do blog Número de Peito, e logo fui falando: "você reclama prá caramba, heim!
O grande Pinguim, amigo Baleias, fotógrafo que corre maratonas e provas de ultradistância estava presente.

Conheci também Felipe Souto, que não está na foto, do blog Coca, Corrida e Chocolate em Tubarão-SC, um sujeito que de tão calado parece que está desconfortável, mas depois você vai no blog dele e tem até  dificuldade de ligar o nome à pessoa. Como um sujeito tão divertido ao escrever pode ser tão calado assim ao vivo. Fiquei com a impressão de que perdi a oportunidade de conhecer mais o cara. Mas isso será resolvido no decorrer do ano.

O grande amigo Ricardo Hoffmann, do blog Run for Free estava lá com seu xará Ricardo e mais um amigo. Muito bom rever Ricardo Hoffmann, diretor Baleias, que muito me auxilia no pensamento Baleias.

E quem estava também no almoço era Tutta, do blog Correndo Corridas e maratonista sub 3 horas.Tutta se tornou grande amigo nosso e essa amizade cresceu foi muito. Tanto que..... Depois voltamos nesse tema. É tanta alegria que vai merecer capítulo especial.

Conheci Fabiana do blog A corrida mudou minha vida, simpatia de pessoa.Guilherme Maio também estava por lá mas quando cheguei já estava perto dele ir embora e não foi possível o contato de sempre.
A foto acima mostra o momento em que a Diretora de Ultradistância Baleias começou a fazer de mim um ultramaratonista. Falei que ia para Recife no dia 15 para visitar Paulo Picanha e também correr alguns kms em homenagem ao recente velho amigo Ricardo Galinho em ultramaratona de 54 km por seu aniversário.

Elis me disse: "porque alguns kms Miguel? A melhor forma de estreiar nas ultras é entre amigos e é assim que você estará lá! "Respondi que era impossível nesse momento do ano, já que não estava treinando e dificilmente treinaria no período de férias com os filhos". Gentilmente Elis optou por não me enquadrar.

Seguimos para a concentração da largada da São Silvestre, momento de festa sempre inesquecível e de repente: "A Surpresa"!
Cláudio Dundes, do blog Ex-sendentário e amigo Baleias dos mais Baleias do mundo, portador de afinidades especiais, trazia consigo Esmeralda, uma simpática Baleia criada pelo núcleo de São Paulo, sob a condução segura de Ivana Correia, Diretoria de Alegorias e Adereços, com apoio inestimável de Fábio, o grande marido que a Equipe espera se junte a nós em breve. 
O nascimento de Esmeralda foi uma demonstração de carinho enorme da turma Baleias de São Paulo e todo o Universo Baleias se emocionou com a disposição dos amigos. A foto da mesa dá uma ideia da atividade que durou vários dias e contou com a ajuda, dentre os já citados acima, de Daniela Kato e seu marido Vinícius e ainda Felipe Souto.
Daniela e Felipe no transporte de Esmeralda para o hotel onde ficou hospedada até o horário da prova.
A Equipe de criação levando Esmeralda para a largada. Nossa mascote correria com Cláudio Dundes os 15 km da prova.
Uma parada para a já tradicional foto Baleias e Focas pelas corridas do Brasil e do Mundo.
E depois nossa turma, com amigos, curtindo Esmeralda. Todos fizeram questão de posar com nossa mascote na São Silvestre 2010. Ao meu lado, de azul, a grande amiga Baleias Priscila Ponce, a socióloga maratonista do blog Corridas e Maratonas.
E ainda, para maior satisfação encontrei Júnia, professora e amiga que nos idos de 1986 me aceitou em sua sala de aula para o estágio obrigatório para conclusão da licenciatura em História. Lucas Lins, o marido, também amigo por outra área, completava o casal pelo qual nutro grande estima. Depois que os vi corredores pelas pistas do Brasil e do mundo, então, nem se fala!
 
Encontro Rita, amiga de Mayumi, companhia na Maratona de Buenos Aires. Cobro a falta de contato e ouço novas promessas. Ei Rita, liga pra mim, pô! A alegria do encontro está demonstrada na força com que peguei no braço da moça, desculpe, foi emoção!

E ainda antes da largada as notícias que começaram a garantir um 2011 pleno de alegrias.
Zilda, o amor de Wu, que agora cuida de mim também, sem a parte pesada, claro, disse que correrá a São Silvestre no dia 31 de dezembro de 2011. Isso quer dizer que Wu e Miguel Delgado estarão lá também. E para cair fora logo de polêmica que não é nossa, estaremos na São Silvestre, onde quer que ela saia ou chegue.
Dada a largada, a alegria por Esmeralda estar conosco foi tanta que resolvemos escoltá-la no percurso.
A Equipe Baleias corre, sempre, com a esperança de encontrar os valorosos amigos da Acorja com sua tradicional bandeira. 
Os simpáticos Luciano e Silene flagrados pelas lentes de Ênio Akio Yuhara, conhecido no seio Baleias como o que há de melhor em nosso mundo. Os atletas que correm com a camisa da Acorja não têm sossego onde têm Baleias. São sempre importunados com as frases: "ei sou amigo de Júlio Cordeiro", "somos amigos do pessoal do Parque da Jaqueira", "Lula é meu amigo". "manda um abraço Baleias para a Acorja". 
E a festa continuava. Shurek não assisti, mas Toy Story é bom demais!
 
 O Homem-Morcego e Baleias!
E já na Consolação encontrei novamente Rita. Agora gostei. O contato foi rápido.
Mais um pernambucano. Eduardo que esteve conosco também em Punta del Este.
E Esmeralda continua escoltada. Nesse altura fui para frente e para trás procurar Alex Dundes. Cláudio, que levava Esmeralda, estava preocupado com o primo que estreiava nos 15 km e na São Silvestre.
Cláudio com Esmeralda resolveu voltar para buscar Alecao, o Alex Dundes. A escolta se desfez. Wu seguiu e voltamos com Cláudio até entregá-lo nas mãos do primo. A partir daí seguimos firmes, Elis, eu, Pri Ponce e Ênio Akio, esse também nas fotos, numa corrida de recuperação em busca de Dani Kato e Vinícius e Ivana e Fábio.
 
Alcançamos o simpático casal de Curitiba.
 
 Alcançamos Ivana e Fábio. Elis era um foquete. Corria feliz e em disparada. O gordão estava tentando segui-la. Elis subiu a Brigadeiro voando. Encontrou um destacamento da Aeronáutica subindo em formação  e resolveu mostrar para eles como se faz no Exército e os ultrapassou quase que deixando marcas de fogo no chão.
O final de Elis estava tão concentrado que sequer consegui me aproximar para avisar que voltaria para encontrar Cláudio, Alex e Esmeralda. E com isso, em frente ao Extra da Brigadeiro, voltei enfrentando as manifestações dos corredores sobre estar na direção errada, que não era por alí e etc. A incômoda sensação de "gordo fazendo merda" que rotineiramente me acompanha se acentuava, mas encontrar os amigos era mais importante.
E também chegamos. Felicidade em peso, com direito a um sprint de Alecão e um literal "peixinho" do Cláudio Dundes que voou ao solo logo ao cruzar a linha de chegada. Claro que o evento merecia uma chegada apoteótica. 100% da Equipe Baleias completara a prova.
A festa das medalhas Baleias já havia iniciado. A família Baleias de Wu Arantes, capitaneada por Natália, entregou aos corredores e corredoras Baleias e aos amigos e amigas da Equipe Baleias a Paramedalha Baleias, como definiu Gilmar Faria, amigo nosso da Acorja de Recife, um cara muito mais sensacional do que já dá para perceber pelo seu  incrível  blog Foto Corrida. Aliás, tenho uma dívida impagável com esse cara; pelo resto de minha existência.
Daniela Kato Bietkoski, grande amiga.
Elis Carvalho, ultramaratonista, brincando na São Silvestre, idealizadora da Medalha Baleias e orgulho dessa Equipe.
Ivana Correia, Dona D, Diretora de Alegorias e Adereços Baleias, também idealizadora da Medalha Baleias na SS 2010 e Fabio, seu marido. Ambos responsáveis pela simpática mascote Baleias Esmeralda. Essa dupla fez história na SS e ainda nos levou para passar o ano com a família. Muito obrigado dupla.
Alecão, o Alex Dundes, e Cláudio Dundes, os primos em estreia na São Silvestre. E Alex, mais do que a alegria de completar a prova, recebeu ao final de presente a promessa da esposa de completar a prova o ano que vem. Esse povo é sortudo demais. Uns com muito outros com pouco. Tudo bem, Deus é pai e tem o caminho de luz, mas distribui meio diferente as coisas.
Ricardo Hoffmann, correndo em homenagem a sua filha Laura, celebrando a vida.
Nosso estimado amigo Ivo Cantor, nosso Baleias de Campinas. Outro orgulho forte de nossa Equipe.  Ivo é amigo do coração e embora tenhamos nos encontrado pessoalmente somente por alguns minutos na Maratona do Rio de Janeiro esse pouco contato não altera nossa amizade. Ivo está na categoria dos amigos especialíssimos que apenas poucos segundos dão o tom de uma vida. Para minha alegria tive notícias de que a estimada D. Marli, esposa de Ivo, estava no apoio ao ilustre consorte paramentada com o Manto Coral.  É muita emoção para um gordo cardíaco.
Jorge Maratonista, amigo Baleias no top da lista de todos que participaram da decisão de conceder a medalha.
Mayumi. Essa é outra que embora amarela, se um dia deixar de ser Branca e quiser ser laranja tem lugar de honra garantido.
Miguel Delgado, o gordo que mãe Diná previu será ultramaratonista muito antes do que se imagina, recebe a medalha das mãos de Zilda, esposa de Wu que agora cuida de mim também, sob o olhar da ultra Elis. 
Priscila Ponce, amiga forte e desprendida que já correu sob o Manto Coral e, abrindo mão de suas características, fez uma São Silvestre toda na companhia dos amigos e amigas Baleias, indo e vindo, de acordo com a maré.
Tamara, a cuçula Baleias. Chegou para junto de nós no final da Volta da Pampulha e mostra uma alegria imensa em ser Baleias. Digo e repito, não há alegria maior no mundo do que perceber a alegria dos que chegam e são felizes simplesmente porque corremos juntos.
Ênio Akio Yuhara, ultramaratonista Baleias, conhecido pela alcunha de "o melhor que existe no mundo Baleias." Não há quem conheça esse cara e não fique impressionado como é peça fina. Correu a São Silvestre toda fotografando os amigos, no cômputo geral, deve ter corrido duas provas. Vai fazer no início do ano a Maratona de Nagano no Japão e a Two Oceans na África do Sul, mas somente quer mandar o material para o blog Baleias depois de retornar ao Brasil. Estamos em negociação pois nesse mundo que globaliza para nos ferrar temos que, pelo menos, utilizar a facilidade da comunicação para colocar o blog o mais próximo possível dos acontecimentos.
A comissão Baleias da Paramedalha decidiu que encontraríamos na própria São Silvestre um representante da Acorja, a Equipe de Corrida que tanto nos inspira e causa admiração. Porém, na prova não conseguimos encontrar, até que na minha chegada ouvi Paulo Gustavo Sampaio, amigo Baleias desde Punta del Este, me cumprimentando e pensei imediatamente: "perfeito"! 

Um amigo nosso de verdade, da Acorja , que correu conosco a minha principal prova do ano, a Maratona de Caracas, seria  perfeito para coroar nossa alegria e amizade pelo Recife e ainda homenagear  Lula Holanda, Júlio Cordeiro, Gilmar Farias, Almir, Ricardo Galinho, Juliana Job, Marinês Melo, Jacqueline Barbosa, Ésio Cursino, Paulo Sobral, o ultra Bagetti, Paulo Picanha e todos os corredores e corredoras da Acorja.
Tutta, amigo Baleias, visitante assíduo do blog recebe sua medalha Baleias. Esse corredor ainda vai dar o que falar. E sinto que esse quati que está em sua camisa sairá de cena. Combinamos que ele estará na Maratona de Assunção experimentando uma festa Baleias das melhores que há.
Yara Achôa, tendo em vista os últimos acontecimentos e a grosseria que enfrentou por defender a satisfação dos corredores em receber sua medalha ao final, depois de suar, sorrir e vencer, entrou na lista das amigas Baleias que seriam agraciadas com nossa medalha.
 
 E Wu. A família de Wu esqueceu de fotografá-lo para o blog com a paramedalhas Baleias. Esse o único registro que tenho de meu Wu, meu amigo, meu companheiro de loucuras em 2010 e com quem tenho que botar para quebrar em 2011. Já marcamos uma reunião para o início da segunda quinzena de janeiro para discutir calendário. O cara vai assustar com meus planos. Mas a proposta para 2011 é muito mais em conta se usarmos a fórmula de dividir o custo pelos quilometros percorridos.
 
Na chegada com Maria José, ultramaratonista, amizade forte construída nas pistas das maratonas do Brasil e do mundo e Pinguim.
Esmeralda, eu e meu amigo Felipe Beluga, sobrinho do Wu, Baleia que tem a Equipe até no apelido. Esse também vibra conosco para minha satisfação.
No final mais um encontro com os Focas, afinal estamos na terra deles.
Na saída da av. Paulista encontramos com dois corredores equatorianos. Depois da Maratona de Quito, onde fomos muito bem recebidos e aproveitamos muito o passeio, quando encontro um corredor equatoriano, encontro um amigo. Eu gravei no telefone celular o nome dos amigos para registro aqui no blog, porém, o telefone não resistiu a uma entradinha no mar ao som de Codinome Beija-flor de Cazuza e nunca mais ligou.
Mas há chance de que o contato não tenha se perdido uma vez que a equipe de apoio dos corredores recebeu o meu cartão de maratonista.

Mais uma grande festa na São Silvestre. Valeu demais e no ano que vem, se assim o bom Deus permitir, estaremos novamente presentes, a partir do almoço da Mayumi.

Terminada a festa me despedi do meu grande amigo Ênio Akio e fui me aprontar para ir à casa de Ivana Correia passar o ano na companhia de sua família, da família de Elis Maratonista, do casal Daniela Kato e Vinícius e ainda Myrta Doldan. Havia melhor lugar para eu passar o ano? Não creio, mesmo porque, a única hipótese outra seria fantosiosa demais e, na verdade, impossível, pelo menos nesse momento.

Daniela Kato e Ivana Correia passaram toda a festa com a medalha Baleias. Foi sensacional.



Fizemos planos, falamos de corrida, conheci Robson, marido de Elis, que assumiu o compromisso de fazer uma meia maratona esse ano. Vou torcer e tentar que seja em Assunção. 

E como eu disse o ano se recusou a acabar. Pela manhã, perto de 8 horas alguém decretou que era hora de dar por encerrado 2010. Eu já havia transferido a responsabilidade pelo decreto de encerramento da festa há tempos. Por mim, quem me conhece sabe, eu não sairia dali nunca mais.

Essa São Silvestre foi mais uma vez sensacional. Agradeço a todos os amigos pela festa Baleias e  especialmente a Ivana, Fábio e Cláudio Dundes pela amizade, pelo carinho demonstrado com a ideia e criação de Esmeralda e pela gentileza de abrirem sua casa para mim e outros amigos.

Ano que vem tem mais e durante todo o ano tem mais festa Baleias, em várias distâncias e em vários locais.

Abraço a todos. Miguel Delgado.

25 comentários:

Jorge disse...

---------\\\\|/---------
--------(@@)-------
-o--oO--(_)--Ooo-
Amigo Miguel com a palhaçada que a yescomedia fez em entregar a medalha antes de correr eu quase desisti de correr a S.Silvestre mas posso falar que depois que vi o post no seu blog que vcs mandaram confeccionar uma medalha exclusiva para ser entregue aos corredores da Equipe Baleia e amigos eu dei última forma e fui correr e no final fui agraciado com essa linda medalha que vcs confeccionaram e digo mais que esta medalha que vcs fizeram ficou bem melhor do que a principal da prova e digo que ela está guardada com muito carinho aqui em casa, mais uma vez muito obrigado pela sua amizade e simpatia e também lhe agradeço por me citar aqui no seu blog, lhe parabenizo por tudo que vc tem feito em prol do atletismo, se tivesse uma premiação para ser entregue ao corredor que se destacou durante o ano essa premiaçào com certeza seria tua camarada...Continue mantendo o foco.
Bom ano de 2011 com muita saúde e correndo muito.

Bons treinos,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Ricardo Hoffmann disse...

Miguel, valeu esperar esse relato. Ele está sensacional, como sempre! Até a próxima meu amigo, no RJ em abril. Grande abraço.

Marluce Fagotti disse...

Miguel,
Como sei que vc é um entusiasta da corrida, deixei seu blog para o final, sabendo que deveria dispor de um pouco de tempo e que receberia em troca informações do grupo que desde o início me motiva a correr.
Vamos aos comentários, que segundo nossa amiga Dona D. dão vida aos blogs. Seu protesto meigo, foi hilário, não contive o riso!
Quanto aos encontros, fiquei emocionada com o que a corrida pode fazer com as pessoas, vcs eram de todos o Brasil e se conheciam através dos blogs, que hj me orgulho em ter um.
Parabéns Miguel, que venham muitas SS para todos nós e que os Baleias continuem levando alegria por este Brasil afora.
Merecido o novo manto laranjado para o Tutta, abraço, Marluce

Dart Araújo disse...

Nossa Miguel adorei o astral da São SIlvestre. Ainda mais por encontrar tantos amigos blogueiros nas fotos...rs!
Adorei a fantasia da Baleia. Também ando pensando em uma fantasia para poder correr...

Sergio disse...

Miguel,
Que festa! Fechou o ano com chave de ouro! Sensacional o relato também!
abraço,
Sergio
corredorfeliz.blogspot.com

Felipe de Souto disse...

Super Miguel! O melhor e mais emocionante Post sobre a São Silvestre...para quem não corre mas que tenha a oportunidade de ler, certamente você plantou uma sementinha...na minha humilde vida de corredor (limitada a poucos dois anos, eu acho), essa corrida foi a melhor de todas, sem dúvida nenhuma; festa, confraternização, boa comida, amigos virtuais, agora reais, festa total! Estarei este ano, se Deus quiser!
Forte abraço cara e boa semana!

Felipe de Souto

Dani disse...

Oh saudades "docê"!!!!

A minha estreia na SS não poderia ter sido melhor e mais divertida. Conhecer parte do universo Baleias foi emocionante.

É claro que tb estaremos no dia 31/12 juntos e prontos pra mais uma festança.

Bjos e abraços saudosos,
Dani e Vinicius

www.correndoemagrecendo.blogspot.com

GILMAR FARIAS disse...

Miguel,
Parece que a festa da São Silvestre não tem mais fim. Acho que deveria ter certificado de participação nesse Congresso de Corredores Blogueiros (CCB). Li todos os relatos desse maravilhosos blogueiros que te ajudaram a fazer dessa corrida a maior festa do pedestrianismo BALEIAS. Fiquei fã da Paramedalha, foi o melhor protesto já visto.
Abração!
Gilmar

Fabi disse...

Miguel =) que relato lindo com detalhes perfeitos,parabéns pela Equipe Baleias e que 2011 seja uma ano de muitas conquistas!

Até Breve

Fabiana

Dona D disse...

Oiê!!!!

Diretoria de Alegrias e Adereços??? Adorei!!! Mas a verdade é que adorei muuuuuuuuito mais estar com vocês! A passagem de ano não poderia ser mais pefeita!

Adoro vocês!

Obrigada por me deixar fazer parte desta equipe tão especial!

irmascordeiro disse...

Demorou, mas arrasou! Valeu a espera. Pensei que iria finalmente conhecê-lo, pois estava em Aldeia com Julio e Mônica, mas estava no projeto maratona filhos de férias e não pude comparecer na BR 232. Um abração, e até a próxima!
Mariana

tutta disse...

Olá Miguel, foi um prazer revê-lo e poder receber de suas mãos a medalha exclusiva Baleias foi fantástico.

Parabéns pelo excelente relato e como sempre me emocionei ao lê-lo.
O meu ainda não saiu, pois ainda estou de férias aqui em Sampa, mas volto pra casa hoje a tarde e aí sim o farei. hehe

Que Deus possa brindar você e todos os amigos Baleias com muito sucesso e felicidades neste ano de 2011 e sempre.

Estarei me programando para fazer a minha primeira prova no exterior, lá em Assunção em agosto junto com vocês.
E se Deus quiser tudo dará certo.

Um forte abraço e até breve.


tutta/ubiratã-pr
www.correndocorridas.blogspot.com

satrijoe disse...

Que festão hein!

No final, a corrida em si é um mero pretexto pra poder fazer uma farra legal com tantos amigos.

Parabéns pela energia, alegria e disposição.

Boas corridas em 2011!

Abs,
Shigueo

Cia Ex-sedentario disse...

Miguel,

Parabéns pelo relato: perfeito e completo. Completo e perfeito. Não faltou nada. Não sobrou nada.

Eu que fico honrado de compartilhar alegria com essa equipe amiga das equipe e do mundo que corre.

Um grande abraço do amigo Claudio Dundes. Cia Ex-sedentário - Paceiro Baleias.

Fábio Namiuti disse...

Eta festa boa! Os "promoters" fizeram de tudo para estragá-la, mas não conseguiram... Parabéns pela participação na prova, pela costumeira (e insuperável) animação, pelo gesto nobre da entrega da medalha aos amigos, pelo protesto, pela postagem (e que postagem!) e, ah, também pela estreia nas ultras, que já tive a oportunidade de conferir no blog do Gilmar.

Grande abraço, muita saúde e sucesso em todos os projetos de 2011, caro amigo Miguel. Espero ter a alegria de reencontrá-lo em alguns deles.

Fábio

elis disse...

oi, miguel!
olá, minha querida equipe Baleias!

relato delicioso!
me senti novamente vivendo esse momento tão especial, divertido, na companhia de todos vocês!

foi um dos dias mais felizes de minha vida:)
de fato, desde que me rendi aos encantos dos Baleias, minha vida tem sido uma sucessão de momentos como esses;)

obrigada;)
é bom demais ser Baleias!

bjs
http://elismc.blogspot.com

walter disse...

Olá Miguel, belo relato, como sempre o é. A festa é feita pelos corredores, não pelos organizadores, e os baleias mostram que são mestres nessa arte, não sem uma liderança nata que tem na humildade, desinteresse e paixão pelo que faz seu ponto forte. Parabéns.

Corridas e Maratonas disse...

Caraca Miguel?!! Que mata a gente?!! ta certo que nosso coração aguenta altas kms, mas tanta emoção assim...!!!!! Vcs são demais!!! Quando conheci as meninas(Iv e Elis) adentrei neste universo Baleias e dele não quero sair!!! Meu coração é de vcs!!! e agora me segura este ano :de ultras com baleias!!!
Este espírito de amizade, alegria e diversão ultrapassa qq. característica individual. O mais imporntante é estar com Baleias onde estiver!!
Miguel obrigada pelas palavras e generosidade.
Abraços!! bjs

pri

Carlos disse...

Olá ULTRA Baleia Miguel,
Imagino como você está feliz!!!
Acabo de visitar e postar um comentário no blog Foto Corrida do Gilmar Farias.
Parabéns por entrar para este grupo de corredores ULTRA!!!
Agora que estou prestes a fazer minha primeira Maratona, pensando que estaria mais próximo de suas façanhas... você voa alto lá "pras bandas de cima".
Que bela sequência de fotos ao lado da corredora Marinês!!!
Acho que não devo tentar ficar escrevendo para demonstrar o que eu quero lhe dizer neste momento marcante de sua trajetória como corredor. A única palavra que representa a minha alegria pela sua conquista é mais uma vez PARABÉNS!!!
Um grande abraço do Amigo, Carlos Henrique

Alex Dundes disse...

Miguel, show de bola o seu post.

Receber o manto coral de surpresa, ter sua compania na Brigadeiro e receber a medalha no final, não tem preço.

A promessa de correr uma maratona está feita. E a decisão com certeza foi influênciada pela motivação que me foi dada. Não tenho data certa ainda. Mas com certeza irei correr.

Tenho orgulho de ser um Ex-Sedentário/Baleias. Este universo Baleias, é o que há de melhor no mundo das corridas.

Parabéns por tão bonitas palavras em seu post e valeu a pena esperar por ele.

Luciana disse...

Oi Miguel, adorei o post. As fotos estão ótimas e da pra perceber o quanto esta festa foi pra lá de especial.

2011 promete em??!!!! Depois que decidir seus planos com Wu venha nos contar rsrsrsrsrs

Ótimos treinos
Lu

Mayumi disse...

Kakakakakaka! SEU Miguel! Como que eu posso ser amarela embora Branca e me tornar uma laranja?! Rsrsrsrs. Olha, vou te dizer uma coisa: eu comecei laranja (pode conferir no início do meu blog), e depois é que fui me tornar Branca, mas te digo que não preciso deixar de ser Branca para me tornar laranja, não! Obrigada pela linda... med... não! Pela linda amizade! É o que temos de mais valioso! Muitíssimo obrigada, mesmo!
O Guilherme me cobrou a Maratona de Tóquio! Eu disse que tinha convidado vcs, mas que vcs ficaram com medo de serem caçados pelo navio baleeiro do Japão! Este é um outro protesto que temos que fazer! Rsrsrs. Bons treinos! Até a próxima!

Regis..."amocorrer" disse...

Caro Miguel, que relato, isso é sem duvida o espirito que todo corredor deveria levar pras pistas, 2011 estarei com vcs.se assim permitirem..abs

Eng. João R. Oneda disse...

Miguel, mais uma vez parabéns pelo relato.
Admiro muito a união da equipe Baleias. Esse ano vou correr a meia de Punta, espero que alguem da equipe esteja por lá para nos encontrarmos...
Grande abraço..

Anônimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ achat viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ costo viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra generico